Novo comercial da Microsoft é todo sobre o feedback positivo do Microsoft Teams na pandemia

Novo comercial da Microsoft é todo sobre o feedback positivo do Microsoft Teams na pandemia

Vídeo é feito de relatos de autoridades, especialistas em saúde e representantes de marcas sobre as qualidades da plataforma de conferências

por Pedro Strazza

Na verdadeira briga acirrada que se tornou o mercado de plataforma de videoconferências na época de pandemia, o Microsoft Teams certamente ganhou uma centralidade inesperada dentro do ecossistema de produtos da Microsoft – muito mais que o coitado do Skype, pelo menos. Além de se tornar na principal ferramenta de comunicação interna da companhia, o programa também ganhou da noite para o dia 12 milhões de novos usuários, que buscam por locais confiáveis para manter o trabalho em curso durante a crise do coronavírus.

É justo o valor de confiança que agora a empresa agora busca usar como principal motor de divulgação da plataforma, começando por um novo comercial lançado nesta terça e que é inteiro sobre o feedback dos usuários. Criado pela McCann NY, a peça “The Power of Teams” é basicamente uma videoconferência do Teams com alguns dos clientes mais importantes do programa no momento, incluindo profissionais de saúde da St. Luke’s University Health Network, pesquisadores da Universidade de Bologna, policiais do serviço metropolitano de Londres e até mesmo executivos da L’Oréal.

O bacana do anúncio é como em um minuto ele resume as possibilidades intrínsecas da plataforma a partir das declarações de seus usuários. A partir do formato do programa, todos os entrevistados destacam como o Teams vem os ajudando a manter os trabalhos durante estas semanas difíceis, incluindo o fornecimento de atendimentos clínicos e a tomada de decisão de companhias em providenciar auxílio direto na contenção do coronavírus. Ao final, a Microsoft resume a campanha com o slogan “Seguro, protegido e grátis” – confira na íntegra acima.

Ao AdWeek, a vice presidente de marca, publicidade e pesquisa da companhia Kathleen Hall escreve que a Microsoft queria fazer “algo que fosse esperançoso e pra cima” em cima das respostas extremamente positivas sobre o Teams que recebe de todo o globo desde o início da quarentena. “Há pessoas incríveis fazendo coisas incríveis para continuar a manter o mundo girando. Vamos celebrá-los, vamos ver o que anda acontecendo de positivo lá fora” escreve a executiva, que diz que a meta da empresa sempre foi de reconhecer o lado bom do cenário agora que o noticiário anda inundado de notícias ruins.

Esta última afirmação é facilmente corroborada pelas últimas duas participações da marca no Super Bowl, cujos comerciais foram justo sobre a primeira treinadora a participar do evento e o uso de controles adaptativos para crianças com deficiências jogarem videogames. “Nós sempre fomos sobre autenticidade e relevância social. Neste momento, ainda somos sobre isso, mas agora com um camada extra de sensibilidade e tom para lidar com a situação” declara Hall ao AdWeek.

A nova campanha deve ir ao ar nos próximos dias nos canais digitais e de TV da Microsoft nos EUA, China, Coréia do Sul, Itália, Suíça, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Suécia, Austrália, Japão e Hong Kong.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link