coronga-facebook

Para evitar contágio do COVID-19, Facebook não vai realizar eventos antes de junho de 2021

Funcionários não voltarão para a empresa até pelo menos o fim de maio

por Matheus Fiore

A pandemia do novo coronavírus tem feito com que diversos grandes eventos sejam adiados ou cancelados. No Brasil, o Lollapalooza teve sua edição de 2020 adiada para dezembro, por exemplo. O efeito da pandemia, porém, é mundial, e impacta em todos os mercados. O Facebook, então, decidiu tomar uma medida importante para evitar problemas com o vírus: não realizará nenhum evento presencial pelo menos até junho de 2021.

A empresa de Mark Zuckerberg também confirmou que, pelo menos até o fim de maio, nenhum funcionário poderá voltar ao escritório da empresa. A data, porém, ainda é provisória, e ainda é possível que quem trabalhe no Facebook demore ainda mais para retornar ao seu ofício.

A notícia foi compartilhada pelo próprio Zuckerberg, em seu perfil pessoal. “A orientação de especialistas é que não é aconselhável que grandes grupos se reunam por um tempo. Diante desse fato, estamos cancelando todos os eventos presenciais que planejamos e que tenham 50 ou mais pessoas envolvidas e que estejam programados para até junho de 2021”, afirma o fundador e CEO do Facebook.

Outra grande empresa americana seguiu rumo parecido. A Microsoft confirmou, recentemente, que todos os seus eventos programados para até julho de 2021 serão totalmente digitais. De apresentações internas a feitas e exposições importantes como a CES e a Computex, a Microsoft não terá nenhuma participação física em qualquer um dos eventos.

Compartilhe: