Além de sustentáveis, embalagens de TV da Samsung agora viram casinhas de gato

Materiais utilizados para proteger integridade dos aparelhos da linha Lifestyle da companhia também podem ser reutilizados para estantes de livros e filmes

por Pedro Strazza

A Samsung anunciou recentemente uma série de mudanças sustentáveis em sua linha de produção de TVs que focam num lado menos chamativo da fabricação: as embalagens. Divulgadas no início de abril, as ações incluem não apenas a transição da companhia ao uso de invólucros ecológicos, mas a possibilidade de reutilização destas para fins que vão além do fim inicial de guardar com segurança os televisores.

E isso inclui aproveitar o material das embalagens para fazer… estantes e casinhas de gato.

O propósito é nobre não apenas pela reciclagem em si, mas também pela alta descartabilidade dos materiais envolvidos. Embora TVs hoje tenham uma extensa vida útil, as caixas que a protegem até o momento de compra e instalação apresentam zero utilidade ao cliente e, pior, ocupam muito espaço – e qualquer um que tenha comprado nos últimos tempos qualquer aparelho sabe do pedágio que é não saber o que fazer com tanto papelão depois de tirar e instalar os aparelhos.

É o que torna a proposta simples da Samsung em algo tão genial. Válido para todos os televisores da linha Lifestyle – incluindo os modelos The Serif, The Frame e The Sero – a iniciativa permite que os consumidores “reciclem” o papelão todo para torná-los em itens para a casa. Isso vale para casas de gato, claro, mas também estantes para livros e filmes, tudo orientado pela própria Samsung em guias de montagem enviados junto com os itens comprados.

Além da casinha mostrada no início do post, você pode conferir outros designs bolados pela marca abaixo:

No comunicado oficial, o vice presidente executivo e chefe da divisão de estratégia de produtos Kangwook Chun escreve que “Consumidores tendem a consumir marcas que compartilhar de fundamentos e valores similares aos seus” e que a Samsung acredita “que pode providenciar aos nossos clientes novas experiências que consideram o meio-ambiente como uma importante forma de expressão”.

Mas como as imagens bem deixam claro, só porque o esforço é feito em consideração à natureza não quer dizer que a Samsung não encontre um jeito de mostrar que as criações tiveram materiais providenciados por seus produtos.

Compartilhe: