Marca mais popular do mundo, LEGO adere ao boicote das redes sociais e pausa anúncios por um mês

Pelo menos nos próximos trinta dias, todas as propagandas pagas pela empresa que estavam previstas para serem vinculadas nas redes sociais serão suspensas

por Matheus Fiore

A LEGO divulgou nesta quarta (1) que vai aderir ao boicote às redes sociais como plataforma de divulgação de produtos, portanto não mais anunciando seus produtos nas plataformas pelo próximo mês. A empresa se junta a gigantes internacionais como Coca-Cola, Unilever e Starbucks, que recentemente anunciaram estar abandonando as mídias sociais pelo fato de estas não estarem se posicionando da forma necessária contra discursos e crimes de ódio.

“Nós estamos comprometidos a ter um impacto positivo em crianças e no mundo que elas vão herdar. Isso inclui contribuir para um ambiente digital inclusivo e positivo, livre de discursos de ódio, discriminação e desinformação” escreve Julia Goldin, chefe de marketing da LEGO, em pronunciamento publicado no site oficial da empresa.

Goldin ainda comentou sobre a importância de se ter cautela no uso das redes sociais como plataforma de divulgação, o que motivou a empresa a pausar seus anúncios por, ao menos, um mês: “Nós tomaremos medidas imediatas para cuidadosamente analisar nossos princípios e aplicá-los ao impulsionamento de anúncios e engajamento em redes sociais. Enquanto fazemos isso, pausaremos toda a divulgação paga em todas as redes sociais pelo mundo, pelo período mínimo de trinta dias”, disse.

A LEGO, vale lembrar, foi apontada por uma pesquisa recente como a marca mais amada do mundo. O fato de uma empresa com tamanho reconhecimento do público consumidor estar abandonando – mesmo que temporariamente – o uso das redes sociais, fatalmente causará um grande impacto e chamará atenção para a importante causa.

Compartilhe: