CEO do TikTok critica Facebook e Instagram por copiar concorrentes

É claro que sobrou críticas ao Reels

por Matheus Fiore

Kevin Mayer, o novo CEO do TikTok, atacou diretamente o Facebook e o Instagram em uma publicação oficial da companhia por seu conturbado histórico de cópia de recursos de plataformas rivais – incluindo aí os clones da sua própria empresa. “O Reels é apenas um produto de imitação, é o que restou após o rápido fracasso de sua outra imitação, o Lasso” afirma Mayer no post, comentando sobre o Instagram emular o TikTok com sua nova ferramenta.

O texto de Mayer já tem como título um posicionamento importante: “competição justa e transparência beneficiam a todos nós”, claramente se posicionando contra a prática do Facebook de levar para suas plataformas (Instagram, WhatsApp) ferramentas que copiam descaradamente os recursos de seus concorrentes.

“O TikTok trouxe uma interface única e intuitiva. Isso deu aos criadores de conteúdo ferramentas poderosas e fáceis de manusear. O TikTok também encorajou a formação de uma comunidade significativa. Em suma, o Facebook trouxe competitividade para o mercado. É por isso que eu me juntei à empresa como CEO esse ano: para ajudar a próxima geração de criadores a se conectar com seus novos e energizados públicos, enquanto trazem entretenimento e diversão para a vida das pessoas”, diz um trecho do texto.

O Reels copiando a fórmula do TikTok não é exatamente a primeira vez que o Facebook pratica a imitação em seus produtos. O caso mais claro também envolve o Instagram, que copiou os snaps do Snapchat para criar seu Story. Desde então, porém, o Snapchat apenas perdeu relevância e precisou se readequar mudando o foco da plataforma, enquanto o Instagram, com o Story, se tornou a principal rede social do mundo.

Compartilhe: