bkmascarascapa

Para facilitar a vida na pandemia, Burger King lança máscaras faciais com pedidos escritos

Clientes nos Estados Unidos poderão pedir vestimentas pelas redes sociais da rede para abreviar o atendimento neste primeiro momento de reabertura

por Pedro Strazza

O Burger King vem se mantendo bastante ativo na publicidade durante a pandemia. Não foram poucas as ações da marca que navegaram por este momento difícil, como receita para fazer Whopper em casa, brincadeiras no Zoom, promessas de festas de aniversário atrasadas e claro, a famigerada celebração de Natal em julho.

Faz sentido então que agora que o mundo busca promover a reabertura tímida a marca esteja promovendo uma nova ação com o item do momento: máscaras faciais. Criado pela Buzzman, a nova campanha da rede nos Estados Unidos envolve a criação de máscaras customizadas para o público poder ir com segurança aos drive-thrus da companhia fazer seus pedidos sem sofrer para comprar seus lanches: se as máscaras dificultam o entendimento da fala, por que não costurar os pedidos nas vestimentas?

É uma bela jogada porque não apenas suaviza todo o atendimento das unidades como em tese ajuda a manter ainda mais seguro o público, dado que um papo de cinco minutos nas atuais circunstâncias pode espalhar a doença em caráter exponencial. O design da máscara é bem básico, com um centro vermelho e uma periferia branca chamando atenção para as palavras escritas – que tem todo tipo de opção, incluindo o básico pedido do Whopper com fritas e coca.

Além de lembrar as “coroas de distanciamento social” que a marca lançou na Alemanha no início das medidas de distanciamento social, a premissa da ação é muito similar à piada que o Starbucks fez recentemente na Inglaterra para marcar a reabertura das lojas. O truque é de novo solucionar com humor um problema bobo de atendimento, mas que pode ser gatilho em tempos onde os nervos andam exaltados e todo mundo está tenso (com razão) para realizar atos simples como sair de casa.

A ação acontece no Facebook e Instagram do Burger King nos Estados Unidos, onde os usuários podem pedir suas máscaras com simples comentários nos perfis oficiais da rede.

Compartilhe: