wdlb9

Jogo de hackers, “Watch Dogs: Legion” pode ter sido vítima de hacking

Jogo da Ubisoft será lançado na próxima semana e pode ter visto seu código-fonte roubado por grupo especializado em ataques de ransomware

por Matheus Fiore

O novo jogo da Ubisoft, “Watch Dogs: Legion”, faz parte de uma franquia de histórias sobre hackers – e ironicamente o game pode ser sido vítima de hackeamento. Segundo o Rock Paper Shotgun, dados importantes de “Legion” podem ter sido vazados e divulgados em sites de compartilhamento de dados.

Um grupo especializado em ataques ransomware afirma ter invadido os sistemas de segurança da Ubisoft e da Crytek e ameaçaram até mesmo vazar o código-fonte do jogo. “Se o objetivo da última missão de um jogo sobre hackers é hackear sua empresa, nós conseguimos”, afirma o grupo. A Ubisoft afirma estar ciente das afirmações e que está investigando o ocorrido.

A história começou em outubro, quando o ZDNet reportou que o grupo Egregor adquiriu o código-fonte de “Watch Dogs: Legion”. Na época, o grupo afirmou que caso a Ubisoft não entrasse em contato, eles começariam a publicar o código fonte e os motores gráficos do jogo na internet. “Watch Dogs: Legion” é um dos principais lançamentos da Ubisoft para a nova geração, e será lançado junto com o PlayStation 5 e Xbox Series X e S, ainda em novembro.

O vazamento de códigos importantes do game seria inédito para um jogo tão caro e aguardado quanto o novo da Ubisoft. Esse vazamento poderia comprometer a segurança dos próprios desenvolvedores do jogo, caso haja dados pessoais deles armazenados. O jogo, em si, não seria diretamente afetado, mas abriria caminho para outras pessoas criarem conteúdo alternativo para o jogo.

Compartilhe: