tweetstrumpb9

Donald Trump já tem 8 tweets restringidos pelo Twitter durante as eleições presidenciais dos EUA

Plataforma contrabalanceia informações incorretas divulgadas pelo presidente com restrições de alcance e correção de fatos

por Matheus Fiore

As eleições americanas ainda não acabaram, já que a grande festa da democracia é um pouco mais lenta nos Estados Unidos uma vez que o país ainda vota em cédulas de papel, mas o Twitter de Donald Trump já se tornou um personagem à parte. Desde ontem, a rede de Jack Dorsey tem restringido o conteúdo e o alcance de diversas postagens do presidente americano, que disputa a reeleição contra o democrata Joe Biden. Até o momento da publicação desta nota, as ações já contabilizavam oito tweets do chefe do executivo.

Desde que a contagem dos votos começou, Trump tem feito afirmações falsas sobre a contagem. Em uma delas, o presidente americano afirmou que nenhum voto contabilizado após o dia da votação seria contabilizado, como você pode ver abaixo. A informação, porém, não procede, e as urnas de alguns estados ainda estão sendo apuradas.

Além de serem restringidos, os tweets também recebem uma mensagem escrita em vermelho que corrige a informação. No caso do tweet acima, a plataforma afirma que os votos ainda poderão ser contabilizados. Em outra postagem feita por Trump, o republicano afirma: “parem a fraude!”, mensagem que obviamente também foi restringida pela plataforma, como você pode ver abaixo.

Trump tem manifestado incômodo diante da crescente possibilidade de ser derrotado por Biden na disputa. O presidente tem desprezado os votos enviados pelo correio, que têm fortalecido a campanha de Biden e se fizeram necessários por questão de segurança e saúde pública em virtude da pandemia do novo coronavírus. Em todas as postagens restritas, o Twitter faz questão de corrigir com a informação correta.

Não é novidade o problema das desinformações e mentiras de Donald Trump nas redes sociais. Ontem mesmo o próprio Twitter e o Facebook chegaram a limitar o alcance de postagens de Trump que declaravam vitória nas eleições bem antes de sequer estarmos perto de ter um resultado final nas apurações.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link