Arrivals – 91st Academy Awards, Los Angeles, USA – 24 Feb 2019

Pra ficar animado: Spike Lee vai dirigir musical sobre a criação do Viagra

Filme deve mostrar todo o processo de criação da droga, de sua meta original para ajudar na cura de doenças cardíacas até seu uso contra a disfunção erétil

por Pedro Strazza

Spike Lee ainda aguarda pra ver se o seu “Destacamento Blood” chega ou não no próximo Oscar, mas o diretor já tem o próximo filme engatilhado. De acordo com o Deadline, o cineasta está trabalhando com a Studio Entertainment One para lançar um musical inspirado na criação do… Viagra.

A invenção da droga, vista como milagrosa por muito homem e de posse da Pfizer, é o grande tema de um roteiro escrito por Lee junto de Kwame Kwei-Armah, que por sua vez toma como base o artigo “All Rise: The Untold Story of the Guys Who Launched Viagra”, da revista Esquire. A história deve mostrar todo o processo de desenvolvimento da pílula que “anima” seus pacientes, desde seu objetivo inicial para curar doenças cardíacas até a questão dos efeitos colaterais que começaram a sanar o problema da disfunção erétil. Este será o primeiro musical da carreira de Lee.

Além do diretor e Kwei-Armah, o projeto também já conta com Stew Stewart e Heidi Rodewald, dupla responsável pelas canções da peça “Passing Strange”, na autoria das canções. O longa terá produção da Jackson Pictures em parceria da 40 Acres and a Mule Filmworks de Spike Lee, mas ainda segue sem título – o trocadilho do título da matéria já foi desconsiderado porque a CBS recentemente lançou uma série chamada “All Rise” nos EUA.

O projeto também não tem data de lançamento marcada, mas vale acrescentar que seu anúncio acontece num momento um tanto curioso se considerar que a Pfizer está entre as farmacêuticas que nos últimos dias anunciaram uma vacina promissora para o coronavírus, o grande vilão da vez no mundo.

Compartilhe: