digitalmask

Parques da Disney vão parar de inserir máscaras faciais digitais nos visitantes em fotos das atrações

Empresa vinha barrando compra de fotos nas montanhas-russas e demais atrações que tivessem gente sem o item, mas resolução de edição digital claramente não vingou

por Pedro Strazza

Depois de passar por todo o dilema de manter as portas fechadas durante a pandemia e da demissão de 32 mil funcionários da área pelas perdas financeiras nos últimos meses, os parques da Disney agora passaram por uma nova polêmica: a inclusão de máscaras digitais em visitantes sem a peça nas fotos tiradas dentro das atrações.

A informação vem do WDW News Today, veículo especializado na cobertura dos estabelecimentos do conglomerado, que na semana passada reportou a decisão da Disney em abolir a prática. A questão obviamente é menos sobre como a empresa dissolveu a medida que como diabos uma ação dessas foi implementada, e a explicação é bem risível: desde que os parques foram reabertos, as tradicionais fotos tiradas durante as corridas do público nas montanhas-russas e demais atrações vinham sendo bloqueadas caso um dos visitantes registrados não estivesse usando uma máscara.

Seria a solução perfeita se não fosse injusto com quem de fato está usando a máscara no mesmo carrinho dos arruaceiros, que sem dúvida saíam prejudicados pela irresponsabilidade de terceiros em todos os níveis – as fotos não podiam ser impressas ou mesmo baixadas no aplicativo oficial do parque. Daí a ideia da administração em inserir as máscaras digitalmente, que também é zero útil porque – como o exemplo acima bem demonstra – o resultado final é bem hilário e forçado.

A informação veio a público a partir do WDW News, que compartilhou na rede as fotos postadas por turistas em grupos de Facebook chamando a atenção para a questão, e é claro que não demorou muito para a companhia voltar atrás na prática. Em comunicado à imprensa, a Disney confirma que vinha testando o formato “a pedido de visitantes”, mas agora vai deixar de realizar o movimento e “espera” que o público se comporte usando máscaras faciais em todos os momentos – menos quando comendo e bebendo em mesas.

A noção do teste fica bem evidente porque até então os únicos registros da “edição” vieram de duas atrações, uma dedicada ao Buzz Lightyear no Magic Kingdom e outra do filme “Dinossauro” no Animal Kingdom – ambos na Flórida. A única dúvida agora é se a Disney vai voltar a proibir a aquisição de fotos com gente que não usou máscaras durante a diversão, um ponto que não fica claro na resposta oficial.

Compartilhe: