vinilb9

Vinil tem melhor semana de vendas da história do formato nos EUA

Relatório aponta que 1,8 milhão de vinis foram vendidos em território americano na semana do Natal, mostrando como a mídia física dos LPS tem se consolidado

por Matheus Fiore

Assim como no mercado cinematográfico, a mídia física não é mais a mesma no mercado musical, mas isso não impediu que os vinis tivessem sua melhor semana de vendas na história dos Estados Unidos em 2020. Segundo um relatório da Billboard, 1,8 milhão de LPs foram vendidos em território americano na semana do Natal.

O número corresponde a maior venda do formato desde que a Nielsen/MRC Data começou a catalogar os números de comercialização dos vinis em 1991. O recorde anterior, de 1,4 milhão, era justamente da semana anterior, no período entre 10 e 17 de dezembro. Além da venda de uma mídia considerada morta por muitos, a notícia surpreende também por estarmos em um ano totalmente atípico em virtude da pandemia de Covid-19.

Pela primeira vez em 34 anos, a venda de vinis ultrapassou a venda de CDs em quatro semanas diferentes de 2020, algo que já era previsto por especialistas enquanto a mídia crescia nos últimos anos. Quase 19 milhões de discos de vinil foram vendidos nos Estados Unidos em 2019, o que representa quase o dobro dos 10 milhões vendidos em 2014.

A volta do vinil se dá por questões curiosas. Ao passo que muitas pessoas passaram a procurar a mídia por questões técnicas – até hoje é difícil encontrar mídias que possuam a mesma qualidade de uma prensagem em vinil –, os LPs voltaram à moda e até mesmo vários dos principais artistas do mercado musical passaram a comercializar seus lançamentos no formato na última década.

O álbum mais vendido na semana natalina foi “McCartney III”, novo trabalho do ex-Beatle Paul McCartney, que vendeu 32 mil unidades e se tornou a terceira maior venda em uma semana desde 1991. Lojas independentes de discos também venderam um recorte de 733 mil unidades de LPs nessa semana, com o recorte anterior sendo de abril de 2019, com 673 mil.

Compartilhe: