vogue-kamala-harris-capa

Vogue é acusada de embranquecer Kamala Harris em capa da nova edição

Fotos apresentadas pela revista foram motivo de crítica por parte de público, que acusou a publicação de branquear a vice-presidente

por Soraia Alves

Kamala Harris, nova vice-presidente dos Estados Unidos, está na capa da edição de fevereiro da revista Vogue, que destaca Harris como a primeira mulher, negra e filha de imigrantes a ser eleita para o cargo na história do país. Porém, as fotos apresentadas pela revista foram motivo de crítica por parte de público, que acusou a publicação de branquear a vice-presidente.

O ensaio para a Vogue foi realizado por Tyler Mitchell, primeiro fotógrafo negro a assinar uma capa da revista em 2018. Na ocasião, Tyler tinha apenas 23 anos e Beyoncé o chamou para fazer as fotos da edição em que ela seria capa. Já o perfil de Kamala para a revista foi escrito pela jornalista Alexis Okeowo.

A capa foi publicada pelo perfil da própria Vogue no Twitter. Embora a equipe de Kamala Harris não tenha feito comentários públicos sobre a capa, a jornalista Yashar Ali afirmou que a equipe da vice-presidente aprovou uma imagem diferente, com Harris vestindo um terno azul claro. Algumas horas depois, a revista compartilhou uma segunda capa que combinava mais a que Ali disse que Harris havia aprovado.

Ao New York Post, a revista ter branqueado a pele de Kamala Harris, e que a equipe da vice-presidente teve controle total sobre sua escolha de roupas, cabelo e maquiagem para as fotos. Ainda segundo a Voguem Harris escolheu usar uma roupa casual para uma foto e seu terno azul claro em outra.

A publicação não confirmou qual das duas fotos tiradas pelo fotógrafo Tyler Mitchell seria usada na capa impressa da revista.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link