xboxlivegoldb9

Microsoft dobra o preço da assinatura anual da Xbox Live Gold

Assinaturas mensal e trimestral também têm aumento de, respectivamente 1 e 5 dólares

por Matheus Fiore

Em novembro de 2020 chegaram às lojas as novas gerações de consoles, o PlayStation 5 da Sony e os Xbox Series X e S, da Microsoft. A nova geração vem acompanhada também de uma mudança de cultura do público gamer: hoje, os jogadores utilizam como nunca serviços de compra e jogatina online. A Microsoft, ciente disso, aumentou bastante o preço de seu serviço de assinatura, o Xbox Live Gold.

A assinatura anual, de US$ 60, vai para US$ 120, como noticiou o Kotaku. O serviço é necessário para jogar online em qualquer console Xbox. Havia também a opção de de pagar US$ 10 por mês ou US$ 25 por três meses, que foram alterados para US$ 11 e US$ 30, respectivamente. Em julho de 2020, a Microsoft anunciou o novo plano anual, que agora vai ter o preço dobrado. Por US$ 60, você só terá acesso a uma assinatura semestral.

Em uma declaração, a Microsoft comentou a alteração no preço: “Periodicamente, avaliamos o valor e o preço de nossos serviços para refletir as mudanças nos mercados regionais e continuar a investir na comunidade Xbox; faremos ajustes de preço para o Xbox Live Gold em mercados selecionados”, escreveu a empresa. “Em diversos mercados, o preço do Xbox Live Gold não foi alterado por anos, e em alguns não mudamos por mais de uma década”, completou.

A comunidade gamer já estava bastante descontente com as subida de preço da nova geração. No Brasil, por exemplo, os jogos de PlayStation que custavam R$ 300 no lançamento estão custando, na nova geração, R$ 400. Os acessórios também tiveram uma subida no preço e, agora, os serviços de assinatura online. Parece ser, porém, uma tendência difícil de combater, visto que as principais empresas estão aderindo.

Compartilhe: