Prévia do Oscar, National Board of Review elege "Destacamento Blood" como melhor filme de 2020
Imagem: DA 5 BLOODS (L to R) NORM LEWIS as EDDIE, CLARKE PETERS as OTIS, ISIAH WHITLOCK JR. as MELVIN and DELROY LINDO as PAUL in DA 5 BLOODS Cr. DAVID LEE/NETFLIX © 2020

Prévia do Oscar, National Board of Review elege “Destacamento Blood” como melhor filme de 2020

"Minari" e "O Som do Silêncio" também receberam múltiplos prêmios da associação, que nos últimos anos só errou uma vez um dos indicados ao Oscar principal

por Pedro Strazza

Uma das mais tradicionais associações de críticos dos Estados Unidos, a National Board of Review divulgou nesta terça (26) sua lista de melhores filmes do ano, considerada um dos marcos inaugurais da corrida pelo Oscar. A grande surpresa é a eleição de “Destacamento Blood” como melhor longa-metragem de 2020, uma decisão que acontece pouco mais de dois anos depois da entidade definir “Green Book” como seu campeão.

Enquanto a definição favorece muito a candidatura do filme de Spike Lee para o prêmio da Academia (nos últimos 20 anos só um vencedor da NBR não foi parar no Oscar de Melhor Filme), é válido dizer que “Destacamento Blood” também levou os títulos de direção e elenco. Apenas outros duas produções conseguiram receber duas honrarias da entidade este ano: “Minari”, que foi agraciado com os prêmios de roteiro e atriz coadjuvante, e “O Som do Silêncio”, que venceu as duas categorias de atuação masculina.

A NBR também surpreendeu bastante gente na divulgação dos dez filmes favoritos da associação, dado que este ano produções como “O Céu da Meia-Noite”, “The Forty-Year-Old Version” e “Notícias do Mundo” conseguiram espaço na publicação. Além dos 3 e “Destacamento Blood”, “O Som do Silêncio” e “Minari”, os filmes “First Cow”, “Judas e o Messias Negro”, “Nomadland”, “Promising Young Woman” e “Soul” completam o ranking.

A divulgação da lista da NBR este ano acontece na mesma data do anúncio dos indicados do Independent Film Spirit Awards e no dia seguinte à liberação dos melhores filmes do ano segundo o American Film Institute, uma coincidência que acaba por inaugurar de vez os trabalhos da próxima temporada de premiações. Comparando as listas, apenas 3 filmes marcam presença nos prêmios maiores das três entidades: “O Som do Silêncio”, “Nomadland” e “Minari”.

Confira abaixo a lista completa de vencedores dos prêmios da NBR:

Melhor Filme: “Destacamento Blood”
Melhor Diretor: Spike Lee, “Destacamento Blood”
Melhor Ator: Riz Ahmed (“O Som do Silêncio”)
Melhor Atriz: Carey Mulligan (“Promising Young Woman”)
Melhor Ator Coadjuvante: Paul Raci (“O Som do Silêncio”)
Melhor Atriz Coadjuvante: Youn Yuh-jung (“Minari”)
Melhor Roteiro Adaptado: “Notícias do Mundo”
Melhor Roteiro Original: “Minari”
Melhor Atuação de Estreia: Sidney Flanigan (“Nunca Raramente Às vezes Sempre”)
Melhor Estreia na Direção: Channing Godfrey Peoples (“Miss Juneteenth”)
Melhor Animação: “Soul”
Melhor Filme Estrangeiro: “La Llorona” (Guatemala)
Melhor Documentário: “Time”
NBR Icon Award: Chadwick Boseman
NBR Freedom of Expression Award: “Uma Noite em Miami”
NBR Spotlight Award: Radha Blank por escrever, dirigir, produzir e estrelar “The Forty-Year-Old Version”
Melhor Elenco: “Destacamento Blood”
Melhor Fotografia: “Nomadland”

Filmes do Ano (em ordem alfabética)

“First Cow”
“The Forty-Year-Old Version”
“Judas and the Black Messiah”
“O Céu da Meia-Noite”
“Minari”
“Notícias do Mundo”
“Nomadland”
“Promising Young Woman”
“Soul”
“O Som do Silêncio”

Top 5 de Filmes Estrangeiros (em ordem alfabética)

“Apples”
“Collective”
“Dear Comrades”
“The Mole Agent”
“Night of the Kings”

Top 5 de Documentários (em ordem alfabética)

“Até o Fim: A Luta Pela Democracia”
“Boys State”
“As Mortes de Dick Johnson”
“Miss Americana”
“The Truffle Hunters”

Top 10 de Filmes Independentes (em ordem alfabética)

“The Climb”
“Driveways”
“Farewell Amor”
“Miss Juneteenth”
“The Nest”
“Nunca Raramente Às vezes Sempre”
“The Outpost”
“Relic”
“Saint Frances”
“Wolfwalkers”

Compartilhe:
icone de linkCopiar link