cover-instagram2

Instagram também cria ferramenta de suporte a pessoas com distúrbios alimentares

Iniciativa acontece em parceria com a NEDA (National Eating Disorder Association), assim como anunciou ontem o TikTok

por Soraia Alves

O Instagram anunciou que está adicionando ferramentas de ajuda a pessoas com distúrbios alimentares. A iniciativa acontece em parceria com a NEDA (National Eating Disorder Association), assim como anunciou ontem o TikTok.

Agora, quando os usuários pesquisarem hashtags ou conteúdos potencialmente relacionados a distúrbios alimentares, a plataforma orientará a procura por recursos de ajuda fornecidos pela NEDA, nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, e Canadá.

Segundo o Instagram, a plataforma já trabalha tentando desfocar conteúdos que são potencialmente gatilhos para pessoas com distúrbios alimentares nos resultados de pesquisa e direciona as pessoas para o seu suporte generalizado. No entanto, a partir de agora a rede social também vai direcionar os usuários para recursos que são específicos para atender pessoas com transtornos alimentares.

No anúncio feito em seu blog, o Instagram também diz que planeja mostrar os recursos se alguém tentar compartilhar algum conteúdo relacionado a transtornos alimentares, ou “se um amigo está preocupado com algo que viu outra pessoa postado e deseja oferecer apoio”.

O Instagram já teve problemas ao tentar regular conteúdos relacionados a transtornos alimentares. Frequentemente a rede social é citada em debates sobre autoestima e padrões de beleza, especialmente entre os jovens. Embora a criação de recursos como o anunciado não mexa a fundo no problema, tais ferramentas ajudam a controlar o acesso de pessoas que estão vulneráveis ​​a esses contéudos.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link