https___specials-images.forbesimg.com_imageserve_5ebc463f271b58000717e6ce_0x0

Uber lança startup de delivery por robôs

Antiga Postmates X, Serve Robotics tem como missão desenvolver e expandir tecnologia para além de Los Angeles nas próximas duas décadas

por Pedro Strazza

Comprado pela Uber no ano passado por US$ 2,65 bilhões, a Postmates anunciou nesta quarta (3) uma nova empresa independente dedicada ao serviço de delivery por robôs. Batizado de Serve Robotics, a startup é a reformulação do antigo braço de robótica do aplicativo, o Postmates X, e conta com investimentos iniciais da Long Journey Ventures, da Western Technology Investment e do próprio Uber – além de Scott Banister e dos co-fundadores da Postmates, Bastian Lehmann e Sean Plaice.

A companhia terá como CEO Ali Kashani, que já cuidava do gerenciamento da Postmates X, e começa os trabalhos com 60 empregados em escritórios espalhados por Los Angeles, Vancouver e na sede da “dona” em São Francisco. De acordo com o TechCrunch, a missão da startup será ainda de conceber, desenvolver e operar robôs de delivery especializados em navegar por calçadas, com a meta futura de expandir o serviço para além de Los Angeles – onde o Postmates X até então funcionava e realizava testes.

No anúncio do lançamento, Kashani escreve que o plano é inscrever o serviço nas próximas duas décadas, primeiro incentivando o delivery de comida para depois outras áreas do mercado. “Enquanto carros autônomos removem o motorista, o delivery robótico elimina o carro em si e torna as entregas sustentáveis e acessíveis a todos” comenta ainda o CEO.

Do lado do Uber, a criação da startup fortalece o plano da companhia em diversificar opções para buscar o posto de negócio lucrativo, em especial desde que a pandemia derrubou o ramo maior de corridas de táxi. Ao mesmo tempo, a companhia de Dara Khosrowshahi vem se livrando de alguns braços: só no último ano a companhia vendeu sua unidade bicicletas compartilháveis para a Lime, desligou sua unidade de veículos autônomos e a frota de táxis aéreos.

Compartilhe: