b9 Imagem: Joe Murphy/Getty Images

Stephen Curry vai leiloar tênis personalizados para apoiar comunidade asiática

Astro da NBA decide se manifestar após atentado terrorista de Atlanta, que vitimou oito pessoas (entre elas, seis mulheres asiáticas)

por Matheus Fiore

O jogador de basquete Stephen Curry, do Golden State Warriors, vai leiloar um par de tênis personalizados para juntar dinheiro visando apoiar as famílias das vítimas do tiroteio que aconteceu em Atlanta em março. O astro da NBA se solidarizou com a tragédia, pois o atentado é apenas um novo capítulo do histórico de crimes de ódio contra a comunidade asiática dos Estados Unidos, o que foi bastante intensificado no último ano.

Os tênis que serão leiloados incluem o rosto de Bruce Lee pintado na lateral, e são predominantemente brancos, pretos e amarelos. Shannon Lee, presidente da Bruce Lee Foundation, comentou a decisão de Curry: “Eu acho que o gesto de Stephen é um belo exemplo de solidariedade e aliança em ação”, comentou a filha do astro do cinema de artes marciais, falecido nos anos 70.

“Estou honrada por ele ter escolhido meu pai e minha família como símbolo da ideia de que somos todos uma só família, como meu pai dizia, e por isso, devemos todos nos manifestar para defender uns aos outros”, disse Shannon, ao enaltecer a importância de todos se manifestarem contra as manifestações racistas e xenófobas que têm crescido nos Estados Unidos. O atentado de Atlanta vitimou oito pessoas, incluindo seis mulheres asiáticas.

A tragédia foi o estopim de um clima de tensão entre extremistas e supremacistas, que têm promovido discurso e atos de ódio contra a comunidade asiática dos país. Muito do atual clima se deve ao discurso do ex-presidente estadunidense Donald Trump, que desde o início da pandemia, tem culpado a China pela COVID-19 e insistia em chamar o novo coronavírus de “vírus chinês”.

Compartilhe: