fbpx
bbbbe609bfe4511a574b40bdce489a82
Imagem: Divulgação/WarnerMedia

HBO Max vai financiar 100 produções na América Latina nos próximos dois anos

Companhia já desenvolve 33 projetos entre filmes, séries, reality shows, especiais e documentários

por Pedro Strazza

Confirmado desde fevereiro para ser lançado na América Latina no próximo mês de junho, o HBO Max também vai marcar a sua primeira expansão para fora dos Estados Unidos com um investimento na produção local dos novos países a receberem o serviço de streaming. A WarnerMedia anunciou na última quinta (29) o desenvolvimento de 33 projetos no continente com o selo Max Originals, visando atingir a marca de 100 produções latino-americanas pelos próximos dois anos.

A divulgação oficial confirma que o plano inclui a realização de séries de ficção, filmes, documentários, especiais e reality shows a fim de oferecer “algo para todos”. Diretor de conteúdo da Warner no continente, Tomás Yankelevich ainda comenta que a companhia está “trabalhando em produções que abrangem os mais diversos gêneros e formatos, com histórias locais de todos os tipos, reforçando nosso compromisso com as comunidades locais, com grandes talentos latino-americanos e, definitivamente, com a nossa audiência, e isso é só o começo”.

O HBO Max também confirmou mais duas séries com lançamento marcado para este ano, a documental argentina “Bilardo, O Médico do Futebol” e a antologia infantil mexicana “O Livro dos Sustos de Frankelda”, que se juntam às já anunciadas “Búnker”, “Amarres”, “Días de Gallos” e a brasileira “Os Ausentes”.

Além de reforçar o investimento da WarnerMedia no continente, conforme a América Latina será a primeira região onde o serviço será lançado fora dos EUA, o anúncio também busca manter o HBO Max de acordo com legislações locais de cada país do continente, com o devido atendimento da contemplação da produção audiovisual local. É uma manobra que busca evitar pelo menos o caminho do Disney+, que passou por um imbróglio rápido de regulação no ano passado ao ter seu lançamento contestado por operadoras em cima das mesmas leis.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link