twitternft

Twitter lança coleção de NFTs (mas ela não está à venda)

Ação celebra conversas que ajudaram a popularizar tecnologia e envolve distribuição de 140 peças com homenagens à história da empresa

por Pedro Strazza

Com um CEO que curte as possibilidades de descentralização da economia, até que demorou pro Twitter se envolver no mercado de NFTs. Nesta quarta (30), a plataforma anunciou o lançamento de uma coleção de artes digitais com a tecnologia de tokens não fungíveis, mas contrariando expectativas ela não está à venda.

A série no caso consiste de 7 artes com 20 unidades rastreadas pelas NFTs, um volume que faz uma referência numérica aos clássicos 140 caracteres disponíveis para publicações na rede social – isso antes da expansão pra 280, pelo menos. A coleção foi distribuída gratuitamente ao público pela conta oficial da empresa na plataforma, com as artes sendo dadas via Rarible a quem respondesse os tweets anunciando as imagens.

A parte interessante é que cada uma das sete artes faz referência a um aspecto específico da rede social e de sua relação com o público. Há por exemplo o “Building Characters”, que brinca com a expansão do limite de caracteres:

Já o “Furry Twitter” homenageia a estrutura de curtidas da plataforma:

O “Rare Form” relembra os diversos logos da empresa nos últimos 14 anos:

O “Reply Guy” tira sarro de toda a galera que não hesita explicar sem necessidade nenhuma os tweets de terceiros – ou também fazer pior, tipo mansplaining.

O “twttr jggl” é uma piada bem sutil com a forma como as contas representam os usuários… de certa forma.

O “Vitamin T” compara o hábito diário do público em postar na rede social ao ato de tomar medicação – ou vitaminas, no caso.

O último da lista é o “First Born”, uma homenagem ao primeiro tweet da história – o mesmo que foi vendido como NFT este ano – e a todos que embarcaram na ideia da plataforma desde o começo.

Ao Adweek, a gerente de marketing e campanhas para redes sociais da companhia Bianca Posterli escreve que a ação é um presente do Twitter “para celebrar as conversas” na plataforma que ajudaram o NFT a se popularizar e se tornar “mais acessível”. A executiva também comenta que até hoje mais de 29 milhões de tweets foram feitos em torno do tema.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link