fbpx

Com foco na diversidade, Spike Lee dirige comercial de criptomoedas

Com participação de M.J. Rodriguez e Shangela, "The Currency of Currency" argumenta como tecnologia democratiza acesso a finanças

por Pedro Strazza

Criptomoedas pelo visto ainda estão com tudo no mainstream, pois agora ganharam um apoio artístico de peso. Isso porque a Coin Cloud, um serviço de caixas bancários dedicados à tecnologia, lançou na última quarta (14) um novo comercial dirigido e estrelado por ninguém menos que Spike Lee, que pelo visto se engajou na defesa das “moedas digitais” como uma possibilidade de futuro melhor.

Desenvolvido junto da Campbell Ewald e com pouco mais de dois minutos de duração, o anúncio “The Currency of Currency” traz o cineasta discursando sobre como as atuais moedas nacionais não representam sua população, seja em termos de representatividade ou acessibilidade. “O dinheiro velho não vai nos alcançar. Ele nos empurra para baixo, nos explora, sistematicamente nos oprime” verbaliza Lee, antes de pedir ao público que faça sua própria pesquisa sobre o assunto e exalte criptomoedas como “positivas, inclusivas, fluidas, sólidas e culturalmente ricas”.

A peça em si conta com um elenco de peso. Além de Lee à frente e atrás das câmeras, o comercial ainda conta com o ator Kendrick Sampson e a recém-indicada ao Emmy M.J. Rodriguez, bem como a drag Shangela e a cantora Teyana Taylor. Do lado da criação, a ficha da campanha conta com os brasileiros Silmo Bonomi e Nathalia Rezende, CCO e ECD da agência. Confira acima na íntegra.

Ao Muse, o chefe de marketing da Coin Cloud Amondo Redmond escreve que a marca quis criar um comercial que “iniciasse uma discussão real” sobre o tema, a tempo da maior flexibilização do mercado financeiro perante as criptomoedas. “Eu queria alguém cuja colaboração fosse adicionar validade ao que é uma categoria não muito bem definida e crescente. Spike era essa pessoa” escreve o executivo, que também confirma que foi decisão do cineasta a opção por também dirigir o comercial.

“The Currency of Currency” está previsto para circular nos espaços publicitários do YouTube e também ir ao ar nos intervalos comerciais do Comedy Central nos EUA.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link