cover-netflix7

Netflix sobe preço de assinaturas no Brasil e valores agora chegam a R$ 55,90

Reajuste tem média de aumento de 20% nos valores

por Matheus Fiore

A Netflix anunciou nesta quinta (22) um aumento no preço de suas assinaturas no Brasil. O reajuste é o primeiro feito pela gigante do streaming no mercado brasileiro desde março de 2019, mas traz mudanças um pouco salgadas para os assinantes. A assinatura mais barata subiu R$ 4, enquanto a mais cara, R$ 10.

Em sua defesa, a Netflix justifica os aumentos com a promessa de uma experiência ainda melhor para os assinantes do principal serviço de streaming do mundo. Vale lembrar que a empresa de Reed Hastings tem investido em filmes e séries originais como nunca, e já até mesmo anunciou uma expansão para oferecer jogos para celulares e tablets em seu catálogo.

Na nova tabela, o plano básico (1 tela), vai de R$ 21,90 para R$ 25,90. O plano padrão (2 telas, qualidade de vídeo em Full HD) vai de R$ 32,90 para R$ 39,90. Já o principal, o plano premium (4 telas, qualidade de vídeo em ultra HD, HDR e som Dolby Atmos), foi de R$ 45,90 para R$ 55,90. As mudanças, vale notar, valem tanto para novos assinantes, quanto para os antigos.

A Netflix hoje já possui um dos streamings mais caros para o mercado brasileiro. A título de comparação, com a nova tabela, apenas o Disney+ continuará mais caro, com um plano de R$ 27,90. Outros concorrentes, como HBO Max (R$ 19,90), Globoplay (R$ 22,90), Amazon Prime Video (R$ 9,90) e Apple TV+ (R$ 9,90) praticam preços mais baratos.

Com uma média de 20% na subida dos preços, a mudança será comunicada aos assinantes no próximo mês, e todos terão 30 dias para decidir se alteram seus planos ou cancelam a assinatura. Caso não haja resposta, a mudança na cobrança virá automaticamente.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link