cover-youtube6

Assinaturas do YouTube Premium e Music chegam a 50 milhões

Marca é obtida oito meses depois do YouTube anunciar ter alcançado 20 milhões de assinaturas com ambas as modalidades

por Pedro Strazza

O YouTube Music e o YouTube Premium juntos agora somam 50 milhões de assinaturas para sua plataforma. A informação foi divulgada pelo Google na última quinta-feira (2), que confirma um salto de 30 milhões no volume desde dezembro de 2020. Números específicos de cada modalidade não foram divulgados, porém.

Apesar do número ser consideravelmente inferior ao que foi reportado recentemente pela concorrência, incluindo aí o Spotify com seus 165 milhões de assinantes e o Apple Music com algo estimado em 78 milhões, a marca não deixa de ser uma vitória para o YouTube. Desde sempre gratuita, a plataforma naturalmente encontrou dificuldades para implementar o Music e o Premium desde seu lançamento em 2015, e impressiona o fato dela encontrar um volume deste porte de usuários dispostos a pagar pelos recursos extras no atual cenário competitivo.

Razões oficiais para o crescimento súbito nos últimos 8 meses não foram divulgadas, mas o The Verge lembra que entre o anúncio dos 20 milhões de assinantes e o de hoje o Google desativou oficialmente o Play Music, até então seu serviço central de oferta de música. Considerando que o Play Music e o YouTube Music somavam em 2019 15 milhões de assinantes e que o anúncio oficial destaca o valor das modalidades pagas do YouTube como “serviço musical”, não é tão difícil concluir que pelo menos parte destas assinaturas vem desta transição.

Lançado em 2015 no Brasil, o YouTube Premium e o Music custam hoje uma mensalidade de R$ 20,90 e R$ 19,90, respectivamente, e permitem que o usuário baixe e assista vídeos sem anúncios – o primeiro para todo o ecossistema, o segundo apenas nos de música. Ao que tudo indica, o valor e a oferta fazem sentido ao público maior da plataforma no momento.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link