fbpx
nDLylQOoIazGyYuWhk21Yww5FCb
Imagem: Divulgação

“Shang-Chi” e “Jungle Cruise” serão lançados no Disney+ em novembro para “celebrar” plataforma

Evento acontece no dia 12 de novembro e promete ainda a estreia de curtas relacionados a "Frozen", "Luca" e "Os Simpsons"

por Pedro Strazza

Em conferência de negócios nesta terça-feira (21), o CEO Bob Chapek anunciou que “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” e “Jungle Cruise”, mais recentes lançamentos da Disney nos cinemas, enfim serão disponibilizados para todos os assinantes do Disney+ no próximo dia 12 de novembro. As “estreias” também servem de chamariz para um evento batizado de Disney+ Day, que servirá de celebração aos serviços de streaming oferecidos pela companhia.

Na confraternização, Chapek descreveu o dia como um momento em que a Disney vai “surpreender as pessoas com novidades” e confirmou que o evento será realizado anualmente. O Disney+ Day também está previsto para marcar o lançamento de “Home Sweet Home Alone”, um reboot da franquia “Esqueceram de Mim”; uma série de curtas focadas em Olaf, de “Frozen”; o curta “Ciao Alberto”, situado no mesmo universo de “Luca”; outro curta de “Os Simpsons”, homenageando o Disney+; os cinco primeiros episódios da segunda temporada de “O Mundo Segundo Jeff Goldblum”; especiais celebrando o universo da Marvel Studios e Boba Fett; e o lançamento da série “Dopesick”, com Michael Keaton, no Star+.

Na prática, é a forma da Disney organizar um Tudum ou DC FanDome para chamar de seu, ainda mais considerando o sucesso da última no ano passado.

Além da divulgação do evento, Chapek também disse na conferência que a partir de agora a Disney deve ser mais flexível na hora de distribuir seus lançamentos no cinema. O executivo inclusive verbalizou que “alguns de nossos filmes terão janelas de exclusividade mais curtas”, citando por exemplo a animação “Encanto”, que chegará ao Disney+ apenas 30 dias depois da estreia no circuito e a tempo do Natal.

Por fim, o CEO também confirmou que o Disney+ Day servirá de inauguração do serviço de streaming na Coreia do Sul e em Taiwan, com Hong Kong recebendo acesso à plataforma no dia 16 de novembro.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link