fbpx
Facebook CEO Mark Zuckerberg Testifies At Joint Senate Commerce/Judiciary Hearing
Imagem: Alex Wong/Getty Images

Sim, todas as redes sociais do Facebook estão fora do ar

Pane é global e atinge boa parte dos serviços de internet, que enfrentam lentidão por conta do "apagão"

por Pedro Strazza

Não bastando toda a crise de imagem que o Facebook passa no momento, a companhia de Mark Zuckerberg começou esta semana no centro de uma pane global dos serviços de internet. Toda a rede de produtos da empresa, que inclui além do próprio Facebook o Instagram, o WhatsApp e o Oculus, está fora do ar desde o fim do manhã desta segunda-feira, 4 de outubro, em um horário próximo do meio-dia.

O problema está no DNS, sistema responsável pela catalogação e localização dos endereços IP na rede. De acordo com o jornalista Brian Krebs, a plataforma retirou sem razão aparente os localizadores ligados aos serviços, o que fez com que as redes sociais e produtos correspondentes perdessem por completo sua localização na internet. Isso vale para todos os recursos ligados ao Facebook, incluindo endereços de e-mail e ferramentas básicas de operação dos funcionários – segundo Sheera Frenkel, jornalista do New York Times, os trabalhadores sequer conseguem entrar nos escritórios da empresa.

No Twitter, a companhia já reconheceu a existência do problema e diz “estar trabalhando” para reestabelecer a situação.

Em termos práticos, tanto o Instagram quanto o WhatsApp exibem no momento uma mensagem de erro de sistema “5xx”. Além disso, o problema afeta outros sistemas fora do ecossistema de produtos da companhia, com o Down Detector reportando instabilidades em plataformas como o Google, o Twitter, o Telegram e a AWS da Amazon. Como bem explica o CTO da Cloudfare, John Graham-Cumming, isso se deve sobretudo porque o desligamento total dos produtos do Facebook faz com que as pessoas sobrecarreguem o DNS ao pedir em formato recorrente o acesso às mesmas plataformas. Com isso, uma boa parte dos serviços online estão sendo afetados pela ocorrência.

Enquanto o “apagão” leva milhões a fazer piada no Twitter (incluindo a própria plataforma), a situação já se encaminha pra ser o maior desligamento da história do Facebook. No momento da publicação desta nota, os produtos da companhia já estavam fora do ar por mais de quatro horas consecutivas.

Atualizaremos a nota conforme novos eventos e maiores detalhes surgirem.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link