Microsoft oficializa fim da fabricação de todos os modelos do Xbox One
xbox_one_x_25
Imagem: Austin Pikulski/Vox Studios

Microsoft oficializa fim da fabricação de todos os modelos do Xbox One

Medida foi tomada no fim de 2020 e mercado atualmente só conta com excessos de estoque

por Pedro Strazza

É oficial: o Xbox One é coisa do passado. A Microsoft nesta quinta-feira (13) confirmou ao The Verge que terminou de descontinuar a linha de produção do console e de todas as suas variantes no fim de 2020, permitindo ao varejo que apenas elimine o restante do estoque já entregue do aparelho.

Enquanto o One X e a versão sem drive do One S já haviam sido interrompidas na época do lançamento do sucessor, o Series X, o One S deixou de existir de vez na fábrica no fim do mesmo ano. Ao veículo, a diretora sênior de marketing do produto da Xbox Cindy Walker escreve que a decisão foi tomada de forma silenciosa para “focar na produção” dos Series X e S. Não há planos de retomada.

A informação é veiculada um dia depois do Bloomberg reportar que a Sony estaria planejando aumentar o ritmo da fabricação do PlayStation 4 para tentar contornar a crise dos chips, o qual por sua vez afeta a produção do PlayStation 5 e gera o cenário de pouco volume para atender a demanda. Enquanto a Sony deve entregar um milhão de unidades da geração anterior, a Microsoft pelo visto está contente com o volume atual dos Series X e S, até porque o último ganhou um boost de produção no início.

Isso segundo o próprio chefe da divisão, Phil Spencer, que nos lançamentos dos aparelhos em 2020 comentou que a Microsoft podia “construir mais chips do Series S no mesmo espaço em relação ao Series X”. Nessas condições, o S parece ser mesmo a ponte construída pela companhia para sobreviver ao momento – que não deixa de ser transição, conforme o grosso do público ainda considera ir para a próxima geração.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link