Carteira virtual de empresa sofre roubo de R$ 100 milhões e afeta setor de criptomoedas

Carteira virtual de empresa sofre roubo de R$ 100 milhões e afeta setor de criptomoedas

Principais empresas do ramo sofreram queda nas ações por conta do incidente

por Soraia Alves

Aproximadamente R$ 100 milhões em moedas virtuais foram roubados da Tether, empresa responsável pela criptomoeda USDT. A empresa afirma que o total foi indevidamente removido de sua carteira virtual por meio de uma invasão externa.

A notícia do roubo já afetou as três principais empresas do mercado de criptomoedas: Bitcoin, Bitcoin Cash e Etheteum, que tiveram quedas em suas ações. A Bitcoin Cash chegou a cair 5% em sua cotação.

A Tether informou que já está tentando recuperar o valor, além de trabalhar para que a proteção de sua carteira não seja violada novamente.

Vale ressaltar que há pouco tempo, a empresa sofreu acusações de fraude e manipulação do mercado.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link