host

Estudo do Grupo de Planejamento apresenta retrato do assédio no mercado de comunicação de São Paulo

“Hostilidade, silêncio e omissão” apresenta números para mostrar de onde vem o assédio sexual e moral no ambiente de trabalho

por Soraia Alves

O resultado da pesquisa “Hostilidade, silêncio e omissão: o retrato do assédio no mercado de comunicação de São Paulo” foi divulgado. O estudo criado pelo Grupo de Planejamento de São Paulo em parceria com o Qualibest, pretende fazer um retrato dos problemas de assédio no mercado de comunicação do país e auxiliar na construção de ambientes de trabalho mais saudáveis.

Para a pesquisa, foi disponibilizado um formulário online para os profissionais de comunicação responderem entre os dias 10 e 30 de outubro. 1400 profissionais responderam à pesquisa, sendo 68% mulheres e 32% homens.

Como resultados principais, conferimos que 99% dos profissionais já presenciaram situações de assédio moral e 97% de assédio sexual. 90% das mulheres afirmam já ter passado por uma situação de assédio sexual ou moral. Já entre os homens esse a porcentagem é de 76%.

Pelo menos 30% das pessoas que já foram assediadas afirma que passaram por essa situação com sócios ou presidentes de empresas. Os clientes também entram na lista, sendo responsáveis por cerca de 22% dos assédios.

A pesquisa serve como um ponto de partida para a discussão do tema e a conscientização de que esses problemas são reais e, infelizmente, muito comum na realidade de agências, redações e outros ambientes de trabalho dos profissionais de comunicação.

E é através da reflexão que surge a ação.

A pesquisa completa pode ser conferida abaixo ou no no link.

Compartilhe: