Messenger Kids: Facebook anuncia versão infantil e segura do aplicativo

Novas diretrizes do Facebook aumentam a fiscalização contra pedofilia na rede social

por Soraia Alves

Facebook anunciou uma versão infantil para o aplicativo Messenger. A ideia o Messenger Kids é garantir um ambiente seguro para menores de 13 anos trocarem mensagens, além de evitar que esse público crie perfis no Facebook que, oficialmente, não permite usuários com menos de 13 anos.

O controle funcionará da seguinte forma: para que a criança acesse o Messenger Kids, um adulto (de preferência um dos pais) deve conectar sua conta pessoal ao app e configurar o uso para o menor, adicionando perfis com os quais a criança pode conversar.

Todos os pedidos de amizade, ou seja, solicitações de novas trocas de mensagens, precisam ser autorizados pelo adulto, não permitindo que a criança acabe conversando com desconhecidos sem que os pais saibam.

Além do controle proporcionado pelo próprio esquema de funcionamento do Messenger Kids, o Facebook pretende aumentar a fiscalização entre o público infantil. As novas diretrizes surgem com base em entrevistas e pesquisas que a empresa fez com famílias e especialistas em comportamento infantil a fim de garantir mais segurança na plataforma

As mudanças vêm meses após uma reportagem da BBC que apontou as falhas do Facebook quanto ao controle de conteúdos impróprios e a presença de grupos sobre pedofilia na rede social.

O Messenger Kids será lançado primeiro para sistema iOS.

Compartilhe: