Amazon cria espaço exclusivo para funcionários com deficiência auditiva

“Estação de Entrega Silenciosa” será gerenciada inteiramente por associados surdos

por Ana Roza

A Amazon mais uma vez faz jus ao título de empresa de tecnologia mais querida do público americano. Um dos fatores levantados pela pesquisa foi seu impacto positivo na sociedade, ação que ela continua a repetir em 2018. Preocupada com a integração de seus colaboradores com deficiência auditiva, a empresa criou um programa de preparação para treinar entregadores surdos – a “Estação de Entrega Silenciosa”.

A ação foi feita ao lado da Mirakle Couriers, que treinou os colaboradores com deficiência de uma das distribuições locais da Amazon. A partir das aulas, eles iniciaram a entrega de pacotes de ônibus ou a pé (cerca de 2-3 km), além de desenvolverem uma preparação maior com linguagem gestual. O programa foi testado na Índia e, depois de um ano e meio de sucesso, ganhou sua própria estação.

“A ideia era mudar radicalmente como as pessoas com deficiência estão empregadas atualmente em um país como a Índia”, afirma Dhruv Lakra, CEO da Mirakle Couriers. “Ao fazer parceria com a Amazon.in, nós estabelecemos um exemplo para muitos, para apoiar as pessoas de diferentes maneiras, fornecendo-lhes oportunidades relevantes e melhorando seus meios de subsistência.”

O programa de parceiros de serviços da Amazon faz parte da Amazon Logistics, que se conecta diretamente com redes de distribuição locais de outros países.

Compartilhe: