Clicky

Cientistas da NASA consideram “Gravidade” o pior filme sobre o espaço já feito
GRAVITY

Cientistas da NASA consideram “Gravidade” o pior filme sobre o espaço já feito

Filme de Alfonso Cuarón se sobressaiu a “grandes” exemplos de como não retratar o espaço e a profissão de astronauta como “Armaggedon” e “Missão: Marte”

por Pedro Strazza

Lançado em 2013, “Gravidade” se revelou um grande sucesso de bilheterias, com sua arrecadação de mais de 700 milhões de dólares quadruplicando o já altíssimo orçamento de 130 milhões e o filme arrebanhando todo tipo de honraria na disputada temporada de premiações – incluindo aí sete estatuetas do Oscar, além de quase uma oitava em Melhor Filme que foi perdida para o “12 de Escravidão” de Steve McQueen. Todos os bons resultados obtidos no momento do lançamento, porém, não refletem tanto as discussões sobre o conteúdo da obra, que vão desde sua qualidade – há quem considere a alegoria proposta pelo cineasta mexicano Alfonso Cuarón uma grande piada – até a veracidade da pretensa realidade científica em torno dos eventos do suspense protagonizado por Sandra Bullock e George Clooney.

Nenhuma reação à obra nestes últimos cinco anos, porém, foi tão surpreendente quanto a de um grupo de cientistas da NASA que foi divulgado neste fim de semana. Em um vídeo produzido pela BBC Radio 5, diversas profissionais do gênero feminino que trabalham na agência espacial estadunidense apontaram o filme dirigido por Cuarón como um dos piores filmes já feitos sobre o espaço, citando-o múltiplas vezes em meio a outras produções bastante criticadas em discussões do tipo como o “Missão: Marte” de Brian De Palma e o “Armageddon” de Michael Bay.

As justificativas são muitas, desde que a imagem criada pelo longa sobre o funcionamento da indústria de exploração espacial é extremamente negativa à agência (“este não é o sentimento que queremos que todo mundo tenha sobre nós”) até mais científicas como a relacionada à movimentação da personagem de Bullock entre órbitas, passando por incômodos irritantes como a respiração pesada da atriz. A crítica mais divertida é a que envolve as roupas íntimas da protagonista: “Quando ela sai do traje espacial ela está com sua calcinha super bonitinha, mas cadê a fralda?” diz uma das cientistas, se referindo à fralda adulta superabsorvente usada por todos os astronautas no espaço para subtrair a necessidade de tirar a roupa para fazer suas necessidades.

O vídeo, que você pode conferir abaixo, também traz os filmes favoritos das cientistas entrevistadas pela BBC. Além de respostas óbvias como “Star Wars” e “Star Trek”, lançamentos recentes como “Perdido em Marte”, “Guardiões da Galáxia”(!), “Interestelar” e “Estrelas Além do Tempo” se destacam, assim como elogios ao “Apollo 13” de Ron Howard por ser uma produção que explica muito bem como os astronautas “voam” no espaço e ajudar uma das entrevistadas a “explicar o meu trabalho” para os seus amigos e familiares.

Compartilhe: