Clicky

Mamilos 166 - Essa Tal Felicidade

Mamilos 166 – Essa Tal Felicidade

Jornalismo de peito aberto

por Mamilos

A felicidade existe? Se criarmos um formato para nossa vida (usar uma agenda, casar, se exercitar regularmente, ter filhos, fazer trabalho voluntário, viajar o mundo, ser CLT, ser freela, ter um podcast) e o seguirmos sempre, seremos sempre felizes?

Estamos sempre sendo bombardeados de falsas verdades sobre o que é uma pessoa feliz e tem sempre alguém gritando que existe algo melhor a ser obtido, e no processo acabamos frustrados e recalcados. Será, então, que a felicidade é se conformar com a realidade imperfeita? Mas será que essa tal tranquilidade e plenitude não é mais uma promessa de triunfo inalcançável que acaba nos frustrando quando não conseguirmos atingir? Ela não acaba criando mais uma regra de como ser feliz?

A regra de que para ser feliz você precisa não querer ser feliz precisa diminuir suas expectativas sobre a vida. E isso abre espaço para novas imposições de modelo de felicidade no caminho inverso – tipo slow living, meditação, armário pílula, brechós e até mesmo hortas caseiras.

Pra jogar conversa fora sobre tudo isso trouxemos uma mãe, um poeta e um cínico. Na mesa, contamos com a presença de Mariana Della Barba, Phelipe Cruz e Ricardo Terto.

Abre a mente e o coração e taca-lhe o play neste Mamilos!

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

========

FALE CONOSCO

. Email: [email protected]
. Facebook: aqui
. Twitter: aqui

========

CONTRIBUA COM O MAMILOS

Quem apoia o Mamilos ajuda a manter o podcast no ar e ainda recebe toda semana um apanhado das notícias mais quentes do jeito que só o Mamilos sabe fazer. É só R$9,90 por mês! Corre ler, quem assina tá recomendando pra todo mundo.
www.padrim.com.br/mamilos

========

EQUIPE MAMILOS

Edição – Caio Corraini
Produção – Maíra Teixeira
Apoio a pauta – Jaqueline Costa e grande elenco
Transcrição dos programas – Lu Machado e Mamilândia

========

CAPA

A capa dessa semana foi feita por Zeca Bral (Colagem digital sobre poster da Coleção da Casa de Alijn (Bélgica). Segundo Carl Jung, discípulo de Freud, pai da psicanálise, o conceito de arquétipos é o conjunto de “imagens primordiais” originadas de uma repetição progressiva de uma mesma experiência durante muitas gerações, armazenadas no inconsciente coletivo. O palhaço (ou bobo da corte) é justamente o arquétipo que tem como talento a alegria, o humor, a sagacidade e a felicidade de viver o momento.)

========

FAROL ACESO

Phelipe: Show de stand-up “Afraid of the Dark” e canal do YouTube “The Daily Show with Trevor Noah”;

Mariana: Livro “Eleanor Oliphant Está Muito Bem” e coluna da Elena Ferrante no jornal The Guardian;

Ricardo: Livro “Acúmulo”;

Ju: Cantora Rachel Yamagata.

Compartilhe: