Twitter tem segundo trimestre consecutivo de quedas e perde 9 milhões de usuários por causa do controle de bots

A "limpa" feita pela plataforma prevê ainda mais quedas, mas a empresa continua gerando luro em um de seus melhores anos

por Soraia Alves

O Twitter anunciou mais uma queda significativa em seu número de usuários desde que aumentou a fiscalização de bots na plataforma. A empresa afirmou que sua base de usuários caiu de 335 milhões (trimestre anterior) para 326 milhões, marcando o segundo trimestre consecutivo de quedas.

O declínio de 9 milhões de contas, porém, não foi inesperado. No mês passado, a empresa passou a eliminar ainda mais contas robôs da plataforma, através de uma nova tecnologia que ajudou a identificar os bots de forma mais rápida.

Embora a limpa seja mais que necessária para a saúde da plataforma, como ressaltou Jack Dorsey, CEO do Twitter, é inevitável questionar o quanto a plataforma se beneficiou (ou não) dos bots em seu processo de crescimento nos últimos anos. Com a eliminação dos robôs, hoje o número de usuários da rede social está de volta ao que era no início de 2017.

O Twitter espera ainda mais uma queda de “meio milhão de dígitos” no próximo trimestre, e ressalta que os seus usuários reais estão aprovando os esforços da plataforma em se livrar dos robôs: “Continuaremos nossos esforços para remover contas suspeitas e com spam da plataforma e impedir que a criação delas atenda a uma conversa pública mais saudável”, diz o comunicado da empresa.

É preciso ressaltar também que o número de usuários ativos diários continua crescendo. O Twitter ainda não diz exatamente quantos usuários diários tem, mas diz que o número está 9% acima do ano passado. A empresa também continua gerando lucro, marcando um ano completo de lucratividade.

Compartilhe: