fbpx
Moonlight

Streaming da Apple fecha acordo com estúdio de “Moonlight” e “Lady Bird” para aumentar número de filmes do serviço

Empresa deve contar com uma quantidade considerável de filmes e séries exclusivos da A24 no catálogo de sua plataforma

por Pedro Strazza

O mundo dos negócios no streaming é assim: A Amazon mal anunciou ao mundo seu acordo com a Blumhouse Productions na tarde de ontem (15) e a Apple já resolveu trucar a aposta fechando negócio com outro grande estúdio atual. A empresa, que em breve deve lançar ao mundo o seu próprio serviço com programação original, divulgou que fará uma parceria com a A24 para a produção de conteúdo exclusivo para sua vindoura plataforma.

Este acordo, segundo o Deadline, é a maior jogada comercial no campo do cinema que a Apple tomou até aqui. Ele prevê a produção de filmes e séries pelo estúdio para o streaming da marca e prevê uma duração de múltiplos anos cuja quantidade exata não foi divulgada à imprensa.

A parceria é impactante especialmente por conta da credibilidade da A24 no mercado hoje. Inaugurado em 2012, o estúdio já conta com um Oscar de Melhor Filme em mãos graças ao “Moonlight – Sob a Luz do Luar” de Barry Jenkins e um hall de sucessos de público e crítica considerável, que inclui filmes como “Lady Bird”, “O Quarto de Jack”, o documentário sobre Amy Whinehouse “Amy” e o recente “Hereditário”.

Ainda não se sabe, porém, que tipo de produções da produtora estão incluídas no negócio, se são projetos já em desenvolvimento ou quaisquer novos que apareçam nos próximos meses. A A24 no momento conta com várias produções em curso, incluindo o novo longa dos irmãos Safdie estrelado por Adam Sandler – “Uncut Gems” – que já teve os direitos internacionais negociados com a Netflix.

A chegada da A24 é mais um passo firme da Apple rumo a um catálogo inicial de peso para seu serviço de streaming, que já conta com um filme de Damien Chazelle, uma série dirigida por M. Night Shyamalan e outra baseada na série de livros “Fundação” de Isaac Asimov e muito, mas muito mais. A nova plataforma, entretanto, não teve data de lançamento anunciada pela empresa até o momento.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link