Clicky

Pouco Pixel 142 - Here comes a new challenger!

Pouco Pixel 142 – Here comes a new challenger!

"Seeing you in action is a joke"

por Pouco Pixel

O maior fenômeno da história dos video games surgiu de repente, do nada. Adriano Brandão e Danilo Silvestre conversam sobre “Street Fighter II”, o arcade que revolucionou um gênero ignorado – luta um contra um – e se transformou, da noite para o dia, no motor impulsionador de toda a indústria. Vendeu consoles, transformou hardware, virou filme, quadrinho e mochila de criança, teve dezenas de continuações, spin-offs e clones. Por que “Street Fighter II” era tão especial e fascinante? E por que o gênero de luta acabou cansando tão rápido?

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

00:07:27 – Tema
01:05:54 – Telecatch

Seja um mecenas esclarecido!

Contribua com o Pouco Pixel e faça parte de um grupo privilegiado que não somente participa do nosso grupo secreto no Facebook, com muita interação e papos aleatórios exclusivos, como também recebe antecipadamente os episódios do podcast! Tudo isso por somente 10 reais por mês – mais barato que suco de shopping.

Receba todas as novidades do Pouco Pixel…

… na hora em que elas acontecerem! Episódios novos, bastidores das gravações, lançamento do crowdfunding dos livros… seja lá o que for, você fica sabendo em primeira mão no Fanclic. O Fanclic é um aplicativo para iPhone e Android que, ao contrário de ~certas redes sociais~, realmente te mostra tudo o que seus criadores favoritos fazem. Sem filtro, sem pegadinha. Instale agora e siga o Pouco Pixel – além de ser bem legal, a grana da publicidade ajuda a gente também!

Os famosos links no post

Siga a gente no Fanclic e receba notificações com todas as novidades do Pouco Pixel!
Camisetas, canecas e até almofadas do Pouco Pixel você compra na Galeria Pix
A única coisa que a abertura de “Street Fighter II” tem a ver com o jogo é a presença de socos
Street Fighter“, o original, foi lançado em 1987, um ano antes do surgimento do CPS-1; mas “Street Fighter II”, que é de 1991, usa essa placa
Street Fighter II“, tem 8 personagens jogáveis, não 6: Ryu, Ken (ambos vindos do primeiro jogo), Chun-Li, Dhalsim, E. Honda, Blanka, Zangief e Guile. Os quatro chefões finais são Balrog, Vega, Sagat (vilão do primeiro jogo) e M. Bison
A gloriosa revista Game Power número 1, dedicada ao “Street Fighter II” de Super Nintendo
Fei Long, Cammy, Dee Jay e T. Hawk aparecem primeiro em “Super Street Fighter II: The New Challengers“, de 1993
“Street Fighter II” foi lançado para o Super Nintendo em 1992 (ou seja, um ano depois dos arcades). A série só apareceu no Mega Drive em 1993 com “Street Fighter II: Special Champion Edition
Todos os jogos da série “EX” têm jogabilidade 2D (apenas um eixo) e feios gráficos poligonais 3D. O resultado é bem diferente de “Virtua Fighter”
Falamos sobre sucessivas modas videogamísticas no episódio #91 e sobre a LJN (e seus jogos de super-heróis) no episódio #27
O “Street Fighter” com convidados que não são nem Marvel, nem SNK, nem Tekken, é “Tatsunoko vs. Capcom: Ultimate All-Stars“. Os personagens extras são figuras de anime da produtora Tatsunoko
Você morre, morre, morre e morre“, a cena mais clássica do Angry Video Game Nerd
Ghosts ‘n Goblins” é de 1985
Mike Matei, o amigo do AVGN, fecha “Silver Surfer” em mais ou menos meia hora
Silver Surfer” foi desenvolvido pela Arcadia Systems mas não foi publicado pela LJN! Quer dizer, quase. Ele foi lançado pela Software Creations, um dos selos da Acclaim, que era a dona da LJN. Tudo em casa
A capa de “Silver Surfer”, o jogo, é a mesma da graphic novel do personagem, desenhada por John Buscema
Por causa da liberdade do tal Método Marvel, o Surfista Prateado surgiu em uma história escrita por Stan Lee mas foi criado somente pelo desenhista, Jack Kirby

Nosso som

O tema de abertura do Pouco Pixel foi composto pelo Rodrigo Faleiros, da Wagging Tail. Conheça o trabalho dele! Já as vinhetas e a trilha sonora de fundo são do Azureflux.

Compartilhe: