A ilusão de furar a bolha

Braincast 412

Ouvir A ilusão de furar a bolha no Spotify
Ouvir A ilusão de furar a bolha no Google Podcasts
Ouvir A ilusão de furar a bolha no Apple Podcasts
Ouvir A ilusão de furar a bolha no Pocket Casts
Capa - A ilusão de furar a bolha

Faz sentido arriscar um público fiel em nome de falar com todo mundo?

É comum a gente ouvir que para uma estratégia de comunicação dar certo, ela precisa “furar a bolha”. Furar a bolha para além do seu público alvo, falar com mais pessoas além das que já estão convertidas.

É um uma expressão comum na política, claro, mas o discurso de furar a bolha também afeta as marcas. É por isso que vemos tantas empresas nas redes sociais querendo ser modernas, jovens e versadas nos memes. Ou seja, “furar a bolha” fica bastante parecido com uma comunicação baseada em aproveitar oportunidades e falar com todos os públicos possíveis, abrindo mão de uma identidade centralizada. Parece sensato. Porém, essa é uma estratégia perigosa que, historicamente, as teorias da comunicação definem como bem prejudiciais.

No Braincast 412, Carlos Merigo, Ana Freitas, Beatriz Fiorotto, Oga Mendonça, Cris Dias e Luiz Hygino debatem, afinal, o que significa furar a bolha? A comunicação realmente deve buscar isso a todo custo? E, se deve, como fazer? Vale a pena arriscar seu público fiel, a sua bolha quentinha e confortável, para falar com todo mundo?





VOLVO

A Volvo Cars fechou parceria com a siderúrgica sueca SSAB. Juntas, as marcas vão investir no desenvolvimento de aço sem fósseis para a indústria automotiva.

A parceria com a SSAB acontece dentro da HYBRIT, iniciativa da siderúrgica para desenvolver aço de qualidade – eliminando combustíveis fósseis. Isso é resultado do plano geral de ação climática da Volvo Cars, um dos mais ambiciosos da indústria automotiva. Porque o futuro da indústria dos carros precisa envolver o futuro do planeta.

O objetivo da HYBRIT é substituir o carvão coque, muito usado para produzir aço à base de minério de ferro. Começando com a mão na massa, é a Volvo quem está garantindo o aço SSAB: feito de ferro com redução de hidrogênio. Essas primeiras peças estão sendo usadas para teste, lá em Luleå, na Suécia O plano da SSAB é ser a primeira siderúrgica a abastecer o mercado com aço isento de fósseis. E a Volvo será a primeira montadora a usar esse aço em seus carros.

Pra você ter uma ideia do impacto: toda essa história de carvão coque, fornos e minério de ferro torna a indústria siderúrgica responsável por cerca de 7% das emissões diretas globais de carbono. Com isso, a Volvo pretende reduzir as emissões de CO2 da Suécia em 10%. E da Finlândia, em 7%.

O impacto deve chegar logo na cadeia global da empresa, resultando numa redução da pegada de carbono de 40% até 2025. Já pensou quem você vai ser em 2040? A Volvo quer chegar lá como uma empresa neutra em impactos climáticos.

Para saber mais, siga a Volvo nas redes sociais.


RED BULL

E aí, vamo falar de produtividade? Calma, calma, você conhece o Braincast e não é de hoje. Aqui a gente não acha que você tem que trabalhar 25 horas por dia pra vestir a camisa. Aliás, não precisa nem vestir a camisa, se não quiser. Na loucura do home office na pandemia, a gente descobriu muitas coisas novas. Ferramentas, processos, formas de encontro virtual…Mas vamos confessar, né: como tem PERRENGUE nesse processo! Sua casa virou seu escritório. Antes de sair da cama, você já tá trabalhando. Deu a hora do jantar, e você leva o celular enquanto pilota o fogão. Parece que quanto mais você trabalha, menos você produz.

O foco é o segredo pra produzir melhor no menor tempo possível. E há anos a Red Bull é sua parceira na musculatura do foco. Por isso, eles resolveram lançar a campanha do Dia Nacional do Meio Período. No dia 25 de junho, diversas empresas vão se juntar à Red Bull pra ajudar a gente a chegar mais relaxado no segundo semestre. Uma pausa pelo ócio criativo. O repouso anda de mãos dadas com uma jornada de trabalho produtiva. E eficiência não se mede em horas, mas em resultados.

Pra convencer a chefia a entrar nessa é só acessar www.redbull.com/meioperiodo que lá tem todas as dicas. Além disso, você pode participar do movimento e concorrer a um ano de Red Bull, um pra cada dia útil de trabalho… já pensou? Se precisar de ajuda, você já sabe: chama a Red Bull, que te dá asas.


ASSINE O BRAINCAST E FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO FECHADO

Assinando o Braincast você pode interagir com a gente em grupos fechados no Facebook e Telegram, além de receber conteúdo exclusivo.

Faça download do PicPay para iOS ou Android, clique em “Pagar”e procure pelo Braincast, ou então acesse a URL: picpay.me/braincast


QUAL É A BOA

Para saber mais informações sobre as indicações dos podcasters da mesa, acesse http://qualeaboa.b9.com.br.


O Braincast é uma produção B9

Apresentação: Carlos Merigo
Coordenação Geral: Ju Wallauer, Cris Bartis e Carlos Merigo
Produção: Bia Souza
Apoio à pauta: Hiago Vinicius
Edição: Mariana Leão, com a supervisão de Alexandre Potascheff e apoio de Angie Lopez
Identidade Sonora: Nave, com Direção Artística de Oga Mendonça
Identidade Visual: Johnny Brito
Coordenação Digital: Agê Barros, Pedro Strazza, Lucas deBrito e Hiago Vinicius
Atendimento e Comercialização: Rachel Casmala, Camila Mazza e Telma Zennaro