fbpx

O infame julgamento do LSD

Escafandro #58

Ouvir O infame julgamento do LSD no Spotify
Ouvir O infame julgamento do LSD no Google Podcasts
Ouvir O infame julgamento do LSD no Apple Podcasts
Ouvir O infame julgamento do LSD no Pocket Casts
Ouvir O infame julgamento do LSD no Pocket Casts
Ouvir O infame julgamento do LSD no Pocket Casts
Capa - O infame julgamento do LSD

Em janeiro de 1970,  Antonio Peticov, artista plástico, hippie e co-fundador da banda Os Mutantes  foi preso no apartamento dele, em São Paulo. A acusação? Tráfico de drogas. A droga? Uma substância psicodélica ainda rara no Brasil chamada dietilamida do ácido lisérgico ou LSD.

A partir daí, a história se desenrolou num enredo surreal que envolveu sessões de pau-de-arara nos porões da ditadura, agentes do FBI, uma temporada no Carandiru. e um passeio pela contracultura hippie, na companhia de figuras como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Os Mutantes e muito mais…

– Colabore com a Rádio Escafandro e receba recompensas.

Clique aqui.

*****

Episódio relacionado

49: Conspirações psicodélicas em busca de cérebros livres

Mergulhe mais fundo

A história social do LSD  (link para compra)

Camaradas Caretas: Drogas e Esquerda no Brasil (link para compra)

Entrevistados do episódio

Júlio Delmanto

Jornalista, historiador, autor de História Social do LSD no Brasil (Elefante, 2020); e Camaradas Caretas (Alameda Editorial, 2015).

Antonio Peticov

Pintor, desenhista, escultor e gravurista.

Ficha técnica

Concepção, produção, roteiro, apresentação, sonorização e edição: Tomás Chiaverini

Locução adicional: Dario Chiaverini.

Trilha sonora tema: Paulo Gama

Mixagem: Vitor Coroa

Design das capas: Cláudia Furnari

Trilha incidental: Blue Dots.

Trilha adicional:  Caetano Veloso, Joni Mitchel, Os seis, os Mutantes, Gilberto Gil, e Beatles.