Clicky

20160322_091605

Adobe apresenta o seu olhar para o futuro

Conhecida pelas poderosas ferramentas de criação, empresa também mira seus esforços na área de gestão de mídia

22.mar.2016

Em seu anual evento Adobe Summit, a Adobe apresentou hoje algumas novidades de sua plataforma Marketing Cloud. O conceito defendido pela empresa é que há uma terceira onda digital em que qualquer companhia, independentemente do que produza, deve ser uma gestora de boas experiências digitais com os seus consumidores. Entre atualizações em seu sistema de gestão de mídia e desenvolvimento web, a empresa destaca os seguintes novos produtos:

Device Co-Op: um sistema que utiliza os dados captados por parceiros da Adobe através de sistemas diversos de login de usuários para traçar melhor o perfil do visitante do site/app e oferecer experiências mais personalizadas, sem que a privacidade do usuário seja afetada. Parte deste esforço demanda o opt-in do consumidor, um obstáculo em tempos de AdBlockers e tutoriais cada vez mais numerosos de navegação anônima na Internet.

Primetime: Solução para criadores de conteúdo e redes de TV que pretendem ganhar dinheiro (sim, repetiram monetizar diversas vezes) em plataformas diversas. Não está bem claro como funciona, mas está claro que é uma solução focada em parceiros específicos, como a Comedy Central – que disponibiliza seu conteúdo em alguns canais OTT (como a sempre muito mencionada Netflix) e em seu próprio site.

Certified Metrics: Uma aposta da Adobe para transformar o mundo todo em digital de uma vez: com TV também se transformando em digital, a marca aposta em parcerias com ComScore e Nielsen para oferecer métricas dos meios que sejam comparáveis e certificadas.

Melhorias diversas na gestão dos dados: permite ao gestor da campanha saber mais informações sobre a sua performance, melhor gerir as peças que estão disponíveis para trabalhar as campanhas e criar automaticamente uma campanha ultra segmentada, que exiba banners diferentes sem que seja necessário criar cada banner. Um big deal, mas possivelmente rodando apenas em sua network proprietária.

20160322_095031

E você achando que era só Photoshop e Illustrator? A Creative Cloud mal foi mencionada – mas teremos durante o evento a exibição de Deadpool aos convidados, já que o filme foi inteiramente editado no Premiere.

Sabe quem mais mal foi mencionada por aqui? Agência de publicidade. E olha que uma delas é patrocinadora master-ultra-mega-boga do evento. Em resposta à pergunta feita sobre a ausência de agências de propaganda nos discursos do Summit, os executivos globais da empresa afirmaram que elas ainda são uma forte parceira e enalteceram os grandes grupos que ajudam a consolidar a marca Adobe mundo afora.

20160322_110945
20160322_093856

Convidados para falar sobre os seus cases internos, os CMOs de Comedy Central e McDonald’s, respectivamente.

Mas sabe quando ficou aquela sensação de que há um motivo maior para isso? Neste mundo em que departamentos internos de marketing das empresas começam a ficar mais espertos com os dados, podem gerir campanhas segmentadas com pequena produção de peças e podem veicular mídia em múltiplas plataformas, desde TV a redes sociais, num único dashboard que ainda inclui sua publicação proprietária – um CMS to rule them all, parece-me que esta visão de futuro da Adobe mira em um relacionamento mais íntimo entre empresas e produtores de conteúdo, de grandes produtoras a creators individuais. Neste futuro desenhado, uma agência de propaganda deve se reinventar.

Comente