Clicky

Pouco Pixel 79 – Eurotrip

É muita viagem

20.mar.2017

Sim, existe video game no Velho Continente! Adriano Brandão e Danilo Silvestre embarcam em um trem rumo ao estilo mais cerebral e cadenciado da história dos video games: o europeu. Existe uma escola de game design única em toda a Europa? Quais são as principais características dos jogos criados na França, na Inglaterra, na Espanha e nos países nórdicos? Quando foi que os desenvolvedores europeus se renderam ao mainstream global? O que é uma europlataforma? Por que esse episódio ficou tão gigante?

Download | iTunes | AndroidFeed

00:03:38 – Eurotrip
00:58:56 – High five
01:22:24 – Pode pular essa parte
02:01:56 – Cartinhas

Seja um mecenas esclarecido!

Contribua com o Pouco Pixel e faça parte de um grupo privilegiado que não somente participa do nosso grupo secreto no Facebook como também assiste às gravações do podcast ao vivo e na íntegra, interagindo com os apresentadores(incluindo o sensacional Tapete Vermelho do Pouco Pixel, com leitura de cartinhas e papos aleatórios que não cabem no podcast)! Tudo isso por somente 10 reais por mês – mais barato que suco de shopping.

Os famosos links no post

> Quer saber o que é “Palhada City“? Revisite o episódio #47, sobre video games no Brasil. E, claro, não deixe de ouvir o episódio #67, sobre a escola japonesa de game design
> O Atari “qualquer número” que foi o computador de 8 bit mais popular no leste europeu foi o Atari 800
> Exemplos de adventures isométricos tipicamente europeus: os ingleses “Batman” e “Knight Lore” e o espanhol “La abadía del crimen
> Exemplos de europlataformas: os ingleses “Monty on the run” e Auf Wiedersehen Monty” e o espanhol “Goody
> O Mega Drive teve que chegar ao mercado americano como Sega Genesis porque já existia uma fábrica de discos rígidos chamada Mega Drive Systems Inc. Faz mais sentido, aliás

No nosso site

Não deixe de consultar a lista completa dos Debates de Bolso e dos High Five no site do Pouco Pixel!

O som do episódio

As trilhas dos jogos suecos “Pinball Dreams” e “Pinball Fantasies”. E também “Harmonielehre“, do compositor americano John Adams.

Mande cartinhas!

Aqui nos comentários, no nosso Twitter, no nosso Facebook ou por e-mail, direto no nosso site. Valeu!

Comente