SXSW 2019: Priscilla Chan, emoção e impacto social no festival

Fundadora da Chan Zuckerberg Initiative, executiva revelou algumas das iniciativas que ela e Mark Zuckerberg tiraram do papel para melhorar a qualidade de vida da sociedade

por Juliana Vilhena Nascimento / Chief Business Officer da F.biz

No Dia Internacional da Mulher, comecei o SXSW com uma mulher e tanto: Priscilla Chan. Primeira mulher de sua família de refugiados cantoneses a frequentar uma faculdade, ela estudou em Harvard. Depois, formou-se em pediatria na UCSF, foi oradora da sua turma e tornou-se professora.

E mesmo com este baita currículo você provavelmente a conhece como “a esposa do Mark Zuckerberg”.

Priscilla não parou por aî, porém. Fundou, com Mark, a Chan Zuckerberg Initiative, fundação que busca acelerar as descobertas científicas, aumentar o acesso a justiça e oportunidades sociais e melhorar a educação. Ela mostrou no evento três iniciativas da CZI:

  1. A Summit Education Platform, que usa tecnologia pra conectar professores e alunos e identificar oportunidades de desenvolvimento para aqueles de maior potencial, além de auxiliar os que estão ficando pra trás com recursos específicos de tutoria;
  2. O Meta, plataforma de colaboração científica na qual pesquisadores podem acessar produção científica de todo o mundo de forma smples e se conectar com pares que tenham contribuições complementares para pesquisa;
  3. Um programa chamado Last Mile, que ensina mulheres condenadas em Oklahoma a programar – e que derubou de 79% pra ZERO a taxa de reincidência na prisão para participantes.

Num país que luta pra melhorar sua educação de base e em que 1 em cada 2 pessoas tem um parente que já esteve na prisão, os programas da CZI tem extrema relevância e capacidade de criar impacto na sociedade, tanto pelo seu forte fundamento científico em todas as frentes quanto pela capacidade que Priscilla e Mark tem de arrecadar fundos pra escalá-los.

No palco, Priscilla se emocionou de verdade – e fez muitos da platéia derramarem lágrimas também. Me lembrou das palestras de Melinda Gates e da Princesa Reema, que vi no SXSW e cobri pro B9 em anos anteriores. Isso sem contar que me deixou esperançosa e animada pra um futuro cheio de mulheres na liderança de iniciativas globalmente relevantes.

Feliz Dia internacional da Mulher a todos!

> Confira a cobertura completa do B9 na SXSW 2019

Compartilhe: