Na Índia, WhatsApp lança ferramenta que checa notícias antes das eleições no país

Serviço chamado Checkpoint Tipline avaliará e marcará as informações como "verdadeira", "falsa", "enganosa" ou "contestada"

por Soraia Alves

Se tem um lugar no mundo onde as fake news causaram problemas seríssimos, esse lugar é a Índia. Por isso, o WhatsApp sempre se mostrou preocupado em como poderia melhorar acabar com esse problema, principalmente antes das eleições no país. E para isso, a plataforma lança agora uma nova ferramenta de checagem de notícias.

De acordo com a Reuters, os usuários agora podem encaminhar mensagens para a Checkpoint Tipline, onde uma equipe liderada pela startup local Proto avaliará e as marcará como “verdadeira”, “falsa”, “enganosa” ou “contestada”. Essas mensagens também serão usadas para criar um banco de dados que deve ajudar a estudar e entender a disseminação de desinformação.

O Checkpoint Tipline funciona em 5 idiomas – Inglês, Hindi, Telugu, Bengali e Malayalam. Separadamente, o WhatsApp também testou recentemente a possibilidade dos usuários verificarem a autenticidade de imagens recebidas.

O serviço já está no ar, mas ainda com alguns problemas iniciais, principalmente em relação ao tempo que das verificações, que estão demorando quase 2 horas para acontecer.

O Checkpoint Tipline é apenas uma das várias mudanças que o WhatsApp fez em sua plataforma para combater a disseminação de fakew news. Entre as iniciativas estão a limitação do número de mensagens compartilhadas, comerciais de TV ensinando a não compartilhar informações sem checa-las antes, e a criação de um setor exclusivo para receber denúncias de fake news.

Vale ressaltar, que a disseminação de informações falsas e enganosas na Índia levou a, pelo menos uma dúzia de mortes.

As eleições no país devem começar em 11 de abril e os resultados finais são esperados para o dia 23 de maio.

Compartilhe: