Inteligência artificial identifica placas de trânsito danificadas à partir do Google Street View e Maps

Programa criado por pesquisadores australianos utiliza software para analisar imagens e determinar localização com precisão

por Matheus Fiore

O Google Street View tem muitas funções. A principal delas é obviamente ajudar os usuários a localizar os endereços de seu interesse, para que chegar em um local distante deixe de ser uma missão ingrata e se torne algo mais fácil. Uma equipe de cientistas australianos, porém, está utilizando o Street View para um novo propósito: identificar placas de trânsito danificados.

O Google utilizou câmeras acopladas em veículos para criar mapas precisos de várias cidades ao redor do mundo. Lançado em 2007, o Street View hoje oferece imagens detalhadas de inúmeros pontos ao redor do mundo. Essa equipe de Melbourne, na Austrália, criou um software que utiliza inteligência artificial para, por meio dos dados do Street View, identificar sinalizações de trânsito e definir se elas precisam ou não passar por reparos ou até ser substituídas.

Ao identificar essas placas pelas imagens em 2D do database do Google Maps e do Street View, o software pode determinar, com 96% de precisão, se esta sinalização está em perfeitas condições. Caso não esteja, então, o programa poderá alertar para que as placas sejam trocadas por novas unidades. O software também pode, claro, identificar com precisão o endereço da placa a ser trocada.

Como bem aponta o Gizmodo, porém, a solução é eficiente mas não é a ideal. Afinal, para que o serviço fosse plenamente efetivo, o Google precisaria atualizar constantemente seu banco de dados, algo que não acontece até mesmo pelo custo da operação. Mesmo assim, é um importante avanço para o desenvolvimento de tecnologias que melhorem e tornem mais preciso o monitoramento de sinalizações de trânsito, principalmente em estradas que dependem delas para garantir a segurança de quem passa.

Compartilhe: