O carro do Toretto em “Velozes e Furiosos” virou produto da LEGO

Versão "tunada" do Dodge Charger do protagonista da franquia ganhou miniatura hiperdetalhada da marca (mas não espere uma versão em bloquinhos de montar do personagem)

por Pedro Strazza
Preço: US$ 99,99
Produto: Dom's Dodge Charger

A essa altura do campeonato, é difícil pensar em algum filme ou série de sucesso que não tenha um produto LEGO equivalente. “Star Wars”, “Harry Potter”, “Friends”, “Stranger Things”até mesmo o Mario da Nintendo ganhou uma versão em bloquinhos de montar da companhia. Quem falta? Isso mesmo, “Velozes e Furiosos”.

Quem espera ver figuras miniaturizadas de Dominic Toretto e sua família deve se decepcionar, porém. Embora o produto seja oficialmente linkado à marca da franquia, o conjunto anunciado pela LEGO nesta segunda (30) é apenas uma recriação em detalhes do 1970 Dodge Charger do protagonista da série. O brinquedo será parte da linha Technic da companhia, que foca justo na criação de modelos perfeccionistas de objetos da vida real e permite que o item conte com maior número de peças articuladas – o que no caso do veículo inclui reproduções do motor V8 e os cilindros de óxido nitroso.

Previsto para ser lançado no mundo no próximo dia 27 de abril, o set conta com 1077 peças e a princípio é vendido na loja oficial da empresa por US$ 99,99. Confira abaixo detalhes.

A adição da franquia na seção mais técnica da linha de produtos da LEGO desperta curiosidade. Como bem aponta o The Verge, embora a companhia tenha aberto as portas para todo tipo de licenciamento nos últimos anos (incluindo aí “Friends” e “Stranger Things”, que contam com sexo e cigarro como elementos de discussão ou de cena), “Velozes e Furiosos” acaba por ser um belo de um teste às diretrizes rígidas da fabricante, que afirma que todos os seus produtos “precisam ser adequados em conteúdo ao seu público principal”, que são as crianças – e nem precisa dizer que a série de filmes conta com todo tipo de aceno a sexo e violência, mesmo tendo assumido o perfil família nos últimos anos.

Compartilhe: