Novo Apple Watch 6 monitora temperatura corporal e nível de oxigênio no sangue

Empresa também apresentou uma versão mais simples e barata do smartwatch que custará US$ 279,00

por Soraia Alves

A Apple anunciou hoje, 15/09, sua nova linha de relógios inteligentes, a Apple Watch Series 6. Sem nenhuma mudança em relação ao design que se mantém igual desde a série 4, as novidades vêm através de sensores mais modernos, que agora permitem o monitoramento da temperatura corporal e dos níveis de oxigênio no sangue.

De acordo com a empresa, o Apple Watch 6, o recurso de monitoramento dos níveis de oxigênio no sangue mostra os resultados em apenas 15 segundos. A Apple pretende usar o recurso em parceria com redes de saúde para iniciar estudos em grande escala, inclusive em testes para detectar a infecção por Covid-19.

O novo processador S6 do smartwatch promete um desempenho até 20% mais rápido que o da versão anterior, e é baseado no chip A13 interno da Apple, a primeira grande atualização para o desempenho do Apple Watch desde a série 4. Os modelos vêm nas cores ouro, grafite, azul e vermelho. Além disso, a Apple está anunciando uma nova pulseira chamada “Solo Loop” que é feita de uma única peça de silicone, sem fivelas ou ajustes, disponível em 7 cores diferentes.

O Apple Watch Series 6 rodará o watchOS 7, que a Apple já havia apresentado este ano durante a WWDC.

Além do novo modelo que segue a série de “relógios caros” da Apple, a empresa apresentou uma versão mais simples e mais barata, o Apple Watch SE, que segue a mesma ideia “acessível” do já visto iPhone SE. Também aproveitando o design da série 4, o Apple Watch SE tem um processador mais simples e, obviamente, funções também mais limitadas: monitoramento de batimentos cardíacos, compasso, giroscópio, sensor de movimento e detecção de queda.

O modelo custará US$ 279,00, o que aqui no Brasil deve ficar por volta de R$1.470,00.

Compartilhe: