cover-apple (1)

Apple deve trocar China por Vietnã na fabricação de iPad e MacBook

A pedido da empresa, maior fabricante do mundo, a Foxconn, já está construindo a linha de produção da Apple no país

por Matheus Fiore

Há muito tempo a China é o país em que a Apple fabrica a maior parte de seus principais produtos: iPhone, iPad, MacBook e por aí vai. Segundo a Reuters, porém, isso está prestes a mudar. A empresa de Tim Cook está cogitando passar a fabricar o iPad e o MacBook no Vietnã, e não mais no país de Xi Jinping.

A escolha pelo Vietnã se dá pelo fato de que a Apple já fabrica seus AirPods Pro no país, o que facilita todo o processo, fazendo com que a empresa precise apenas expandir suas operações em um país no qual já está instalada. A decisão pela troca se deu principalmente pela tensão política crescente entre Estados Unidos e China desde que o presidente Donald Trump passou a atacar publicamente o país.

A Foxconn, empresa de Taiwan que é a maior fabricante de componentes eletrônicos do mundo, está construindo linhas de montagem para a Apple na província de Bac Giang, no nordeste do Vietnã, e deve começar suas operações já nos primeiros seis meses de 2021. De acordo com a fonte da Reuters, a mudança foi um pedido da própria Apple.

A tensão entre os EUA e a China tem se acirrado nos últimos anos. Além de uma óbvia disputa tecnológica principalmente pelos inúmeros avanços feitos por empresas chinesas como Huawei e Xiaomi, nos últimos anos, Trump impôs sanções econômicas que dificultaram os negócios das empresas chinesas.

A questão piorou muito em 2020. Além de os EUA terem pressionado para que o TikTok fosse vendido para uma empresa americana, a pandemia do novo coronavírus mergulhou ambos os países em crises severas, e Donald Trump nunca se incomodou em atacar e culpar publicamente a China pela pandemia, chegando a chamar o novo coronavírus de “vírus chinês”.

Compartilhe: