animal-crossing-new-horizons-1584626523423_v2_1920x1080

Com sucesso de “New Horizons”, Nintendo vai lançar mangá de “Animal Crossing” no Ocidente

Tradução para o inglês fica a cargo da Viz Media e marca a primeira ocasião em que um mangá derivado da série de jogos ganha publicação fora do Japão

por Pedro Strazza

O sucesso de “Animal Crossing: New Horizons” é grande. Quase um ano depois de seu lançamento, o novo capítulo da franquia é junto do oitavo “Mario Kart” o título mais vendido do Nintendo Switch, ajudando as vendas do console da Nintendo a bater recordes e pavimentando todo tipo de criação de evento para manter sua comunidade alimentada enquanto gerencia suas ilhas.

É tudo tão fora da curva que a Nintendo não apenas aumentou o alcance do licenciamento da franquia e envolveu o “Super Mario” no calendário do jogo como agora vai trazer para o Ocidente o mangá oficial de “New Horizons”. Previsto para 14 de setembro, o primeiro volume de “Animal Crossing: New Horizons” será o primeiro derivado da franquia para o formato a ser traduzido para a língua inglesa.

De acordo com o The Verge, a publicação ficará a cargo da Viz Media, que batizou a primeira edição de “Deserted Island Diary” (“Diário da Ilha Deserta”). Publicado no Japão no ano passado, o mangá atualmente tem dois volumes e foca nas aventuras dos moradores da ilha enquanto os jogadores não estão ativos, uma espécie de “Detona Ralph” a la “Animal Crossing”. A capa deve seguir o modelo original, que você pode conferir abaixo:

Enquanto esta é a primeira ocasião que os mangás são publicados na língua inglesa, as redes sociais oficiais da franquia já chegaram a traduzir uma vez uma página dos livros para ilustrar as possibilidades dentro do jogo – veja abaixo. “New Horizons” também não é o primeiro título a ganhar o derivado, seguindo uma lógica que a Nintendo aplica pelo menos desde “New Leaf” em 2012.

Vale ressaltar também que a publicação do mangá acompanha os planos da Nintendo para celebrar o aniverário de 20 anos da franquia, que parece estar mesmo no seu auge de popularidade.

Compartilhe: