cover-airbnb

Novo programa do Airbnb vai oferecer um ano de moradia gratuita para 12 pessoas, menos para residentes no Brasil

Brasileiros que estiverem morando legalmente nas regiões participantes podem se candidatar ao programa

por Soraia Alves

Inspirada na crescente flexibilidade de se trabalhar e viver em qualquer lugar do mundo, o Airbnb lança um programa em que 12 pessoas de diferentes países irão viver, por um ano, exclusivamente em acomodações disponíveis na plataforma. Por meio da iniciativa “Live Anywhere on Airbnb” (Viver em Qualquer Lugar no Airbnb), os participantes poderão fazer do mundo a sua casa, seja realizando. A plataforma vai cobrir os custos das acomodações e fornecer uma quantia para despesas com transporte durante o programa.

O Brasil, no entanto, não está incluído entre os países participantes. Segundo a plataforma, “aqui existe uma regra que, em concursos dessa natureza, um dos escolhidos tem que ser obrigatoriamente do Brasil, e o Airbnb não pode garantir isso”. Segundo o regulamento, podem se candidatar moradores dos seguintes países: Argentina, Áustria, Austrália, Bélgica, Canada, Chile, China, Dinamarca, França, Alemanha, Hong Kong, Irlanda, Índia, Itália, Japão, Malásia, Mexico, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Filipinas, Portugal, Singapura, África do Sul, Coréia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia Reino Unido e Estados Unidos. Logo, brasileiros que estiverem morando legalmente nessas regiões podem se candidatar ao programa.

De acordo com o relatório Airbnb Travel & Living, o número de reservas para estadias de 28 dias ou mais no primeiro trimestre de 2021 aumentou 10% em relação ao mesmo período de 2019. E 11% dos usuários da plataforma que fizeram essas reservas maia longas em 2021 relataram viver um estilo de vida nômade. Além disso, 74% dos entrevistados em cinco continentes indicaram o interesse, após o fim da pandemia, em viver em outro lugar que não seja onde o seu trabalho está baseado.

Neste novo programa, os participantes vão documentar suas experiências e visões sobre a vivência nômade e ajudar a definir não somente o futuro das viagens, mas também o da moradia no Airbnb, incluindo:

Sugestões de mudanças dos produtos e recursos na plataforma para melhorar a experiência de acomodações de prazo mais longo;

  • Ideias de tipos de acomodações para viajantes individuais ou em grupos, como famílias;
  • Conexões com membros da comunidade e comércio local;
  • Melhor entendimento dos benefícios financeiros de acomodações durante o período de viagens.

Segundo a empresa, a iniciativa busca diversidade no estilo de vida dos participantes, e pretende escolher 12 pessoas de qualquer origem para estar no programa, que vai acontecer de julho de 2021 a julho de 2022. As inscrições para o novo programa já estão abertas e vão até o dia 30 de junho.

Para mais informações, consulte o regulamento.

Compartilhe:
  • tags:
icone de linkCopiar link