fbpx
pfizer-vacinaçao-game
Imagem: Divulgação/Pfizer

Pfizer promove “vacinação in-game” para combater a Covid-19

Farmacêutica criou a primeira "vacinação in-game", ação virtual que dá informações sobre a imunização e o impacto na vida real das pessoas

por Soraia Alves

Com o desafio de contribuir para a imunização dos jovens da geração Z contra a Covid-19, a Pfizer apresenta uma ação que busca se comunicar diretamente com esse público. A farmacêutica criou a primeira “vacinação in-game”, ação virtual que dá informações sobre a imunização e o impacto na vida real das pessoas. 

Na iniciativa #VacinaInGame, o laboratório farmacêutico criou uma missão especial no jogo a “Cidade Alta”, o maior e mais assistido servidor de GTA RP da América Latina de propriedade da Outplay“Com uma audiência diária com mais de 6 milhões somados de views em diversas plataformas, nós temos o compromisso de levar, não apenas entretenimento, mas conhecimento e conscientização para quem assiste nossos creators e streamers ou joga em nossa plataforma”, comenta Paulo Benetti, CEO da Outplay. 

O game permite que o usuário mimetize os mesmos elementos da vida real, tais como trabalho, estudos, entre outros. Aproveitando dessa dinâmica, a Pfizer idealizou, em parceria com a agência Ogilvy Brasil e a Druid, um Centro de Vacinação Virtual contra a Covid-19 dentro do jogo. A iniciativa é parte da campanha “Vacina. Tomar para Retomar”, ,e concede proteção extra aos personagens dos jogadores que também estiverem vacinados na vida real, seja completamente, com dose única, dupla, ou ainda com pelo menos uma dose de quaisquer fabricantes. 

Divulgação/Pfizer

A missão tem o objetivo de estimular as pessoas a se vacinarem, reforçando a importância dessa atitude para a retomada da vida normal. Um curativo especial no braço do personagem indica a imunização completa no jogo. 

Para tornar a experiência mais real, a Pfizer vai veicular também dentro do game algumas peças de mídia exterior que divulgam a missão especial. Dessa maneira, os personagens que estiverem circulando pelas ruas do universo virtual também são impactados pela comunicação in-game.  

Divulgação/Pfizer

Segundo Claudio Lima, CEO da Druid, “o game tem um poder muito grande de conexão com a geração Z e essa iniciativa para um cliente tão importante como a Pfizer mostra isso e destaca, que além de entreter, também podemos usar os games para conscientizar.” 

A ação também terá apoio dos maiores influenciadores de games do Brasil, que farão transmissões ao vivo em seus canais na plataforma de streaming Twitch, entre eles Piuzinho, Gabepeixe, Taspio e Babi. A ideia é que eles joguem a missão no Centro de Vacinação e depois continuem incentivando a vacinação com os avatares já com o curativo no braço, indicando a imunização completa no game. 

Após concluída a dinâmica, é a vez da imunização ser feita também na vida real. Para isso, o jogador deve postar no Instagram ou no Twitter a comprovação de que tomou pelo menos uma das doses da vacina, usando a hashtag #VacinaInGame. Na legenda deve ser incluso também o número do passaporte do personagem no “Cidade Alta”, dessa maneira o jogador ganhará hit points de proteção no jogo. Vale lembrar que o perfil nas redes sociais precisa ser aberto para que a equipe localize o conteúdo. 

A ação no “Cidade Alta” fica disponível até o dia 26 de novembro. 

Compartilhe:
  • tags:
icone de linkCopiar link