WhatsApp chega a 2 bilhões de usuários

Feito acontece três anos após o aplicativo ultrapassar a barreira do primeiro bilhão e representa um crescimento de quase 500 milhões de usuários em menos de dois anos

por Pedro Strazza

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (12) que o WhatsApp cruzou a marca dos dois bilhões de usuários ao redor do globo. Lançado em 2009, o aplicativo é o segundo da companhia a alcançar o feito – a plataforma criada por Mark Zuckerberg fez o mesmo em 2017.

A conquista acontece pouco menos de três anos após a barreira do primeiro bilhão ser superada e também representa um crescimento impressionante de 500 milhões de novos usuários em um curto espaço de tempo de dois anos.

No post que anuncia o feito histórico no blog oficial, a companhia exalta principalmente a segurança e privacidade do aplicativo e escreve que “é mais importante do que nunca continuarmos protegendo automaticamente todas as conversas no WhatsApp com a criptografia de ponta a ponta” para garantir que suas informações propagadas dentro da plataforma mantenham-se sigilosas.

O discurso está de acordo com uma das principais lutas atuais do Facebook, que desde o escândalo do Cambridge Analytica busca aumentar a segurança de seus produtos mesmo com a pressão externa de órgãos reguladores governamentais para cumprir com a lei. Falhas continuam acontecendo, porém, além da plataforma ainda não ter resolvido de vez a questão da propagação de desinformação por seus canais – um tema que deve voltar a esquentar este ano com as eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Compartilhe: