cover-spotify4

Spotify passa a permitir que todos os podcasts vendam assinaturas pelo serviço

Novidade já está valendo para os EUA e será expandida ao resto do mundo em setembro

por Matheus Fiore

O Spotify anunciou que vai expandir para mais podcasters o recurso que permite monetizar seu programa por meio de assinaturas. Nos Estados Unidos, qualquer podcast que seja distribuído pelo Anchor, a plataforma de hospedagem de podcasts do Spotify, estará apto a implementar um sistema de assinatura paga.

Além da expansão, o Spotify também afirmou que vai acrescentar uma nova tabela de valores para assinaturas, além de permitir aos proprietários dos podcasts fazerem download do endereço de email de seus assinantes. Com isso, os podcasts poderão ter mais controle sobre quem assina seus programas e até desenvolver mais conteúdo exclusivo, como newsletters, por exemplo.

Para os podcasts de outros lugares do mundo, o Spotify promete que, em breve, os novos recursos também serão disponibilizados. A venda de assinaturas, por exemplo, será lançada mundialmente no dia 15 de setembro. Vale lembrar ainda que em abril deste ano, o Spotify informou que não cobraria nenhuma taxa sobre as assinaturas de sua plataforma. O recurso das assinaturas foi lançado pela primeira vez no fim de abril com 12 programas independentes. Agora, a empresa está aos poucos expandindo.

É claro que a concorrência não quer ficar para trás. Um dos principais rivais do Spotify no ramo dos podcasts, o Apple Podcasts, já apresentou seu aplicativo totalmente repaginado e até mesmo seu próprio serviço de assinatura com benefícios.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link