cover-instagram5

Instagram vai encorajar adolescentes a fazerem uma pausa no uso da rede social

Objetivo da decisão é reduzir o vício e outros comportamentos prejudiciais à saúde

por Carolina Firmino / Colaboradora

Parece que o Facebook está tentando consertar sua reputação depois que o Wall Street Journal trouxe à público documentos internos com informações confidenciais da empresa. Entre eles, estavam dados sobre como o Instagram afeta a saúde mental dos jovens e é tóxico para meninas em idade de desenvolvimento. Segundo a Reuters e a CNN, o vice-presidente de Assuntos Globais do Facebook, Nick Clegg, afirmou que um recurso de “pausa” será incluído no Instagram, com a ideia de diminuir a frequência de acessos e, consequentemente, vícios e outros comportamentos nocivos.

O executivo também sugeriu que o Facebook vai se preocupar em manter os adolescentes longe de materiais que não sejam compatíveis com o seu bem-estar. Clegg não forneceu informações sobre quando a abordagem começa a funcionar, mas disse que os algoritmos da rede social deveriam ser “responsabilizados” para garantir que os resultados do mundo real correspondam às expectativas de mudança.

Esses novos projetos parecem surgir como resposta às preocupações que Frances Haugen, a ex-funcionária que expôs detalhes sobre o polêmico funcionamento interno da empresa de Mark Zuckerberg. De acordo com Frances, o Facebook não se dispõe a investir no que é necessário para evitar que ele seja perigoso.

Recentemente, a equipe de Zuckerberg também esteve envolvida em outro debate controverso: o desenvolvimento de uma versão infantil do Instagram para crianças menores de 13 anos. O projeto foi adiado após diversas críticas, e deve ouvir pais, especialistas e reguladores antes de ser retomado.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link